Fonte: OpenWeather

    Fisiculturismo


    Ex-goleiro Nelsinho faz ‘vaquinha’ para o Brasileiro de Fisiculturismo

    Em apenas seis meses de treinamento, atleta apresenta resultados surpreendentes e participa campeonato nacional de fisiculturismo

    Nelsinho já conseguiu classificação para o Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness | Foto: Divulgação

    Manaus - “Quem foi rei, nunca perde a majestade”. Para atletas como Nelson Inácio dos Santos Filho, o Nelsinho, morador de Manaus, este ditado faz todo o sentido. Aos 28 anos o ex-goleiro precisou recomeçar na carreira esportiva. O acidente no metacarpo (ossos que ficam entre o punho e a palma da mão) o deixou fora dos campos, mas abriu novos caminhos no fisiculturismo.

    Com apenas 6 meses de treinamento, Nelsinho já conseguiu classificação para o Campeonato Brasileiro de Fisiculturismo e Fitness. A competição acontece de 1 a 4 de agosto, em Limeira, São Paulo. Para conseguir todo o dinheiro necessário, o atleta conta com ajuda de amigos e apoiadores em uma ‘vaquinha’ online, disponível até o dia 27 de julho. 

    As passagens ele já conseguiu. A ‘vaquinha’ que está rolando nas redes sociais é para custear alimentação, taxas de federação, inscrição no campeonato, entre outros valores, como o bronzeamento para subir no palco. 

    O resultado rápido no fisiculturismo, na verdade é fruto de 13 anos de dedicação no futebol, o que facilitou sua mudança de ramo. 

    Nelsinho jogou em times como Nacional, Rio Negro, Manaus e São Bento de Sorocaba.
    Nelsinho jogou em times como Nacional, Rio Negro, Manaus e São Bento de Sorocaba. | Foto: Divulgação

    Nascido em Porto Velho, Rondônia, Nelsinho mudou-se para Manaus aos 12 anos, com o objetivo de jogar no São Raimundo, onde assinou seu primeiro contrato profissional aos 15 anos de idade. 

    “Desde os cinco anos eu frequentava os campos. Uma vez eu me introduzi na marra”, conta. Sempre foi apaixonado pelo gol, por influência do irmão mais velho, também goleiro. 

    A paixão pelo gol vem da admiração pelo irmão mais velho, também goleiro.
    A paixão pelo gol vem da admiração pelo irmão mais velho, também goleiro. | Foto: Divulgação

    Aos 16 anos foi emprestado para o Nacional, para jogar na Copa São Paulo. Nelsinho também passou por times como Rio Negro, Manaus, Iranduba, Macaé, Esportivo Brasil e São Bento de Sorocaba. 

    Em fevereiro de 2018, Nelsinho sofreu a lesão que o “aposentou” no futebol. “Eu imaginei que eu ainda pudesse jogar, ainda tinha esperança”, relata. Os jogos foram passando, o campeonato acabou e ele viu que não iria mais voltar. 

    Felizmente, novas oportunidades sempre cruzam o caminho. Aluno do curso de Educação Física, Nelsinho estava estagiando em uma academia, onde conheceu Wellington Pantoja, o amigo que o introduziu ao fisiculturismo. 

    Wellington, grande apoiador de Nelsinho, também é fisiculturista.
    Wellington, grande apoiador de Nelsinho, também é fisiculturista. | Foto: Divulgação

    Nova rotina

    Quando jogava futebol, Nelsinho treinava de segunda a sexta e podia relaxar no fim de semana. Agora sua rotina é bem mais regrada, são 24 horas por dia, 7 dias da semana focado. “Uma deslize já atrapalha no processo todinho”, conta. 

    Como ele mesmo diz, “não tem como dar migué”, a disciplina nesta categoria é essencial. Ante da prova, na fase de finalização, a pessoa fica muito fraca. Depois da pesagem começa a ingestão de sódio, para inchar. É bem parecido com a rotina de um lutador. 

    Para estar em condições de participar do nacional, Nelsinho treina de manhã em jejum, mais 1h30 no período da tarde e  faz mais 40 minutos de aeróbico à noite. 

    É de família 

    Ramayana Melo é a atual treinadora e esposa de Nelsinho.
    Ramayana Melo é a atual treinadora e esposa de Nelsinho. | Foto: Divulgação

    A atual treinadora de Nelsinho é a esposa, Ramayana Melo. Se engana quem pensa que ela ela ameniza o treino do marido. Ele conta que ela é sempre exigente. “Não tem chora minhas nega”, compartilha. 

    A filha de Nelsinho, Ana Jasmin, 9, segue o exemplo do pai. Atleta de ginástica rítmica, ela competirá nas categorias individual e equipe, no Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica “Ilona Peuker”, do dia 20 ao dia 24 novembro, em Londrina, Paraná.

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Indígena de 11 anos é aposta do judô amazonense

    'Ballet Renovo' ensina arte para jovens à mercê do crime em Manaus 


    Comentários