Fonte: OpenWeather

    Jogo decisivo


    Na Arena da Amazônia, Manaus FC tenta acesso à Série C do Brasileiro

    Diferença tem que ser de dois gols a mais, pois um empate classifica o time gaúcho Caxias do Sul e uma vitória com apenas um gol a mais leva a decisão para as penalidades máximas

    Equipes voltam a se enfrentar sábado (20), valendo a subida para a Série C do Campeonato Brasileiro
    Equipes voltam a se enfrentar sábado (20), valendo a subida para a Série C do Campeonato Brasileiro | Foto: Divulgação

    Manaus - Os amazonenses têm um encontro marcado no próximo sábado (20), às 15 horas. O destino? A Arena da Amazônia, onde o Manaus Futebol Clube enfrenta o time Caxias do Sul, do Rio Grande do Sul, pela última tentativa de acesso à Série C do Campeonato Brasileiro este ano.

    Para apoiar o time, torcedores do clube bombardearam as redes sociais com campanhas de incentivo para que a Arena da Amazônia vire um ''caldeirão'' a favor do time amazonense, que precisará reverter o placar adverso de 1x0, conquistado pelo time gaúcho no jogo de ida, realizado no último domingo (14).

    Para não ter que disputar nos pênaltis o acesso, o Manaus FC precisa vencer o adversário com uma diferença de no mínio 2 gols. Um empate classifica o time gaúcho e uma vitória com apenas um gol a mais leva a decisão para as penalidades máximas. 

    Equipes durante a partida, que acabou com a vitória do Caxias por 1x0
    Equipes durante a partida, que acabou com a vitória do Caxias por 1x0 | Foto: Divulgação

    Os torcedores do Manaus FC apontam expectativa de alto público para o duelo. Para tanto, foram divulgados 13 pontos de vendas de ingressos espalhados por Manaus, com a meia entrada custando R$ 20, a serem vendidos a partir de terça-feira (16).

    Os torcedores

    Nas redes sociais, inúmeras mensagens de apoio foram divulgadas, como forma de motivar a equipe para o duelo decisivo. 

    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida
    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida | Foto: Reprodução

    André Martins, apoiador do clube, proferiu uma reflexão acerca do duelo decisivo: ''Ano passado perdemos nos pênaltis, jogando na colina, a vaga para a Série C. Mas Deus colocou um palco ainda maior para o maior do Amazonas: a Arena da Amazônia, que ficará pequena para tanto apoiador do clube'', prometeu.

    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida
    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida | Foto: Reprodução

    Jorge Alves também deixou mensagem de apoio para o clube em uma rede social. ''Temos time e totais condições para garantir o acesso. Estou torcendo para fazer 40 graus sábado, pois eles não estão acostumados com a alta temperatura da nossa região. Planejamos lotar a arena para empurrar o Manaus rumo ao acesso'', comentou.

    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida
    Comentários de torcedores amazonenses em redes sociais, convocando a torcida | Foto: Reprodução

    O bom momento do clube também vem servindo para atrair novos torcedores, como foi o caso de um internauta que acompanha o Portal EM TEMPO. ''Vamos jogar para lotar a Arena da Amazônia. Nunca vi o time Manaus jogar mas sinto que essa é a minha vez de mostrar apoio para o futebol local', comentou ele ao Portal.

    O jogo de ida

    Na partida, o Manaus precisará reverter uma desvantagem mínima, já que perdeu o jogo de ida por 1x0 com gol marcado pelo atacante Michel no estádio Centenário, onde o time do Caxias manda os jogos.

    O prejuízo poderia ser ainda maior, tendo em vista que o time gaúcho perdeu um pênalti nos acréscimos da partida, desperdiçado pelo meio campista Rafael Gava, que chutou para fora a chance de vir a Manaus com uma vantagem maior no marcador.

    Tensão

    Ao longo de toda a estadia no Rio Grande do Sul, a equipe do Manaus FC sofreu com a torcida sulista. Primeiro, os torcedores rivais descobriram o hotel, onde o clube amazonense estava hospedado e dispararam foguetes, como rojões e bombas, que, inclusive, acabam acionando o alarme do hotel por diversas vezes. O movimento, segundo a assessoria do Manaus FC, se estendeu durante toda a madrugada e só teve fim pela manhã, quando os rivais foram dispersados pela polícia local.

    Além disso, a assessoria do Manaus divulgou que o clube sofreu com ameaças ao longo de toda a estadia na terra gaúcha, incluindo após o jogo. Por conta do ''clima de guerra'', que se instalou na cidade, a equipe mudou a logística de retorno e pernoitou em Porto Alegre até a hora do embarque para a capital amazonense.

    Manaus sofreu com as condições climáticas no Rio Grande do Sul, onde enfrentou uma temperatura de 3ºC graus
    Manaus sofreu com as condições climáticas no Rio Grande do Sul, onde enfrentou uma temperatura de 3ºC graus | Foto: Divulgação

    Além disso, muitos comentários xenofóbicos, do tipo “índios aprenderam a usar a internet” e “nossa, agora os índios jogam futebol do Amazonas?”, disparados por sulistas foram notados em redes sociais desde que o confronto foi sorteado. O comportamento se intensificou no último final de semana, chegando ao estopim com a vitória do Caxias do Sul. 

    Venda de ingressos 

    Os pontos de venda: Os Barés, no Manauara Shopping; Boutique do Torcedor, na Cachoeirinha; Via Art’ficio, no bairro Cidade de Deus; Distribuidora Guedes: na Cidade Nova; Digo’s Sport, no bairro Crespo; Estádio Ismael Benigno (Colina), no bairro São Raimundo; Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira bairro Flores; Papelaria Lane, bairro Santa Etelvina; MS Celular, bairro Cidade Nova; NR Multimarcas e Esporte, no Centro de Manaus; Força Construtiva, bairro Cidade Nova 4; Mais Make Distribuidora, no bairro São José Operário e Arena Virtual, no Sumaúma Park Shopping.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Zezão e HCM conquistam torneio início do AM de handebol 2019

    Em meio a ameaças, Manaus FC perde para Caxias no Rio Grande do Sul


    Comentários