Fonte: OpenWeather

    Copa Verde


    Manaus FC, Fast e Nacional disputam a Copa Verde 2019

    Os três times do Amazonas disputam a 6ª edição da competição, que, em 2019, garante ao vencedor vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil de 2020

    A primeira rodada dos amazonenses na competição encerra na quinta (25) | Foto:

    Manaus - Criada em 2014, a Copa Verde chega a 6ª edição. Em 2019, uma motivação a mais: o vencedor do torneio garante a vaga direta para as oitavas de final da Copa do Brasil. Para essa edição, sonham com a conquista três clubes amazonenses. O Manaus, que garantiu o acesso no último final de semana e os representantes do estado na próxima Série D, Nacional e Fast.

    Uma curiosidade sobre o torneio era que, em edições anteriores, durante diversas partidas da Copa Verde, foi possível trocar garrafas plásticas ou latas de alumínio por ingressos, por meio de máquinas instaladas nas cidades-sedes dos jogos.

    O Amazonas

    Em toda a história da competição, a melhor posição alcançada por um time do Amazonas foi um 4º lugar, conquistado pelo Manaus, no ano de 2018, após ser eliminado pelo Paysandu, que se sagrou campeão posteriormente.

    Para essa edição, os duelos serão entre equipes das regiões Norte, Centro-Oeste e o Estado Espírito Santo. A competição tem caráter de mata-mata, com duelos das equipes sendo realizados em casa e fora, em formato similar ao praticado na Copa do Brasil.

    Para essa primeira fase da competição, todas as equipes amazonenses iniciam a jornada fora de casa. O Fast, primeiro a estrear, joga às 19h, na próxima quarta-feira (24), contra o Ypiranga (AP), no estádio Zerão, em Macapá. O segundo é o Nacional, que também joga na quarta, contra o Humaitá (AC), entrando em campo às 20h. 

    O Manaus encerra a primeira rodada dos amazonenses na quinta (25), quando enfrenta o Sobradinho (DF), em duelo a ser realizado no estádio Zequinha Roriz. O clube brasiliense também participou da Série D, assim como o recém promovido Manaus, fechando a participação na lanterna do grupo.

    As equipes

    Equipe tricolor Fast se prepara para o duelo, tentando garantir um bom resultado
    Equipe tricolor Fast se prepara para o duelo, tentando garantir um bom resultado | Foto: Divulgação

    O Fast abre a participação dos amazonenses na Copa Verde e, nesta segunda, já está no Amapá para o duelo. O tricolor de aço teve em 2017 a melhor campanha do time, fechando em 11º. O treinador da equipe, Darlan Borges, falou com exclusividade ao EM TEMPO, sobre a equipe na competição. 

    De acordo com Borges, a preparação não foi a ideal, por conta do pouco tempo que o clube teve antes de viajar. ‘’Fizemos apenas uma preparação de duas semana na Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). Tivemos dificuldades em iniciar os nossos trabalhos treinando, mas a expectativa é fazer uma boa estreia e conseguir um bom resultado fora de casa’’, disse Borges. 

    O maior problema, segundo Darlan, deu-se pelo pouco planejamento existente no clube. ‘’As dificuldades foram principalmente em formar o elenco, já que foi deixado para cima da hora - e isso atrapalha demais qualquer preparação para competições’’, explicou o treinador.

    Sobre a expectativa para o desempenho da equipe no torneio, o treinador preferiu manter os pés no chão. ‘’Nossa equipe já se encontra no local do jogo, em Macapá. Aqui, iremos realizar dois treinos no CT do Santos (AP). Vamos evoluir passo a passo, tentar fazer bom jogo fora de casa e levar vantagem para decidirmos a vaga em Manaus’’, finalizou ele.

    FAST durante treinamento no campo do Santos (AP), em preparação para duelo da Copa Verde
    FAST durante treinamento no campo do Santos (AP), em preparação para duelo da Copa Verde | Foto: Divulgação

    O clube conta, atualmente, com 22 nomes no plantel, porém apenas sete estão inscritos no BID da CBF: Oliveira, Albano, Romarinho, Juninho, Railson, Adson e Caio Jhon. O clube tem até esta terça-feira, véspera do jogo, para regularizar o restante.

    Nacional

    O Nacional embarca na tarde desta terça-feira (23), às 16h05, com destino a Rio Branco (AC), onde enfrentará o Humaitá-AC, pelo jogo de ida da Copa Verde. O duelo entre as equipes será realizado na quarta-feira (24), às 20h, na Arena da Floresta. O clube tem como melhor participação um 5º lugar, ainda no ano de 2014.

    Treinador Aderbal Lana, durante treino realizado no Centro de Treinamento (CT)
    Treinador Aderbal Lana, durante treino realizado no Centro de Treinamento (CT) | Foto: Divulgação

    Antes de embarcar para o duelo, o clube de Manaus fez o último treino em casa. Na manhã desta segunda-feira (22), os atletas treinaram no Centro de Treinamento Barbosa Filho, visando a melhor preparação para o duelo.

    Para o goleiro do clube, André Regly, a atenção é a chave para o sucesso. ''A expectativa é a melhor possível, precisamos realizar uma boa viagem até o local do duelo, para que possamos ter um grande jogo. Sabemos que não será fácil, pois estaremos em um mata-mata, que não permite erro. Iremos jogar concentrados, para fazermos o melhor jogo possível, para sairmos de lá com um bom resultado, claro em vantagem’’, finalizou ele.

    Goleiro André Regly comentou sobre a preparação do elenco, além da expectativa para o torneio
    Goleiro André Regly comentou sobre a preparação do elenco, além da expectativa para o torneio | Foto: Divulgação

    Confira os relacionados para o duelo: Goleiros: André Regly e Guanair Júnior; Laterais: Emerson, Paulinho Nascimento e Bernardo; Zagueiros: Anderson Bandeira, Brendo, Guigui e Rafael Vitor; Volantes: Felipe Eduardo e Tiago Amazonense; Meias: Lucas Lorenzi e Marcelinho e os atacantes: Marco Aurélio, Romarinho, Lucas Espiga e Ronan.

    Manaus Futebol Clube

    Manaus em semana de treinos, após duelos decisivos pela Série D
    Manaus em semana de treinos, após duelos decisivos pela Série D | Foto: Divulgação

    O Manaus, recém-promovido à Série C, começa a participação viajando até o Distrito Federal para enfrentar o Sobradinho, que também participou dessa edição da Série D, caindo na primeira fase.

    Para o clube, além de prolongar o bom momento, a chance de obter a classificação para as oitavas da Copa do Brasil, em caso de título, motiva o clube para realizar uma boa campanha na competição, após terminar em quarto lugar na última edição.

    Para o auxiliar técnico do time, André Lima, que irá comandar o elenco, é preciso desligar da Série D. ''Agora, viramos a chave, com relação a Série D. Precisamos pensar na Copa Verde e no Sobradinho, que é uma equipe muito boa após a reformulação do elenco, conosco buscando a vitória desde o jogo fora de casa'', disse Lima.

    O Manaus vem de uma semana de duelos decisivos, indo para a Copa Verde e pensando na semifinal da Série D, contra a Jacuipense, da Bahia
    O Manaus vem de uma semana de duelos decisivos, indo para a Copa Verde e pensando na semifinal da Série D, contra a Jacuipense, da Bahia | Foto: Divulgação

    Para André, mesmo com a importância da competição, atletas serão poupados. ''Todos estão muito felizes com o acesso, o grupo, a cidade. Agora é pensar na Copa Verde para avançarmos de fase. Cabe ao Fajardo levar as peças mais descansadas para a partida, pensando na semifinal da Série D'', finalizou o treinador.

    Os próximos duelos:

    Caso o Fast avance para a próxima fase, o tricolor enfrenta o Atlético (AC), em duelo a ser realizado nos dias 7 ou 8 de agosto e 14 ou 15 do mesmo mês. Já o Nacional, caso avance, enfrentará o Paysandu, do Pará, com os jogos a serem realizados nos dias 7 ou 8 de agosto e 14 ou 15 do mesmo mês. Por fim, caso o Manaus vença o Sobradinho (DF), enfrentaria também um rival paraense, o clube do Remo, em duelo a ser realizado em data ainda a ser definida.

    Edição: Isac Sharlon

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    Neymar jogará amistoso pelo PSG contra Inter de Milão

    Paratleta do tênis de mesa no AM é promessa de medalha para o Brasil


    Comentários