Fonte: OpenWeather

    Futebol


    Cruzeiro valoriza empate de 0 a 0 com River Plate

    No jogo de volta, o Cruzeiro precisa vencer para seguir na competição. Um empate sem gols leva a partida para os pênaltis, empate com gols beneficia o time argentino

    Quem vencer a partida de volta avança para encarar o time paraguaio Cerro Porteño ou o argentino San Lorenzo | Foto: Divulgação/Cruzeiro

    O Cruzeiro visitou o River Plate, na noite desta terça-feira (23), no estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires, e conseguiu segurar o empate sem gols na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Após o duelo, o elenco do clube mineiro fez questão de valorizar o resultado, mas pediu melhora para o compromisso de volta.

    "É um bom resultado. Mas acho que, comemorar, só se tiver classificação. O empate sem gols é difícil ainda. River Plate tem história, é um time que está defendendo o título. Acho que fizemos um bom jogo. Lógico, é normal um time vir aqui e tomar pressão, mas eu acho que, se tivéssemos um pouquinho mais de tranquilidade, dava para sair com o resultado positivo", disse o zagueiro Dedé, que destacou o auxílio dos atacantes na marcação.

    "Nosso setor ofensivo nos ajudou muito defensivamente, isso é um ponto positivo. Agora, a gente do setor defensivo tem que ajudar o setor ofensivo a produzir, porque eles estão nos ajudando bastante. Hoje, eles fizeram por onde. Saio daqui contente com o que a equipe produziu taticamente. Em casa, vamos ter que jogar mais, produzir mais. Não vai ser fácil, vai ser parelho como foi aqui", completou.

    O goleiro Fábio concordou com o companheiro e reforçou que a responsabilidade do Cruzeiro aumenta para a próxima semana. "(Desempenho) Normal dentro de uma competição difícil, River Plate buscando o resultado positivo para levar para Belo Horizonte porque tem consciência que, no Mineirão, com nosso torcedor, nosso time é forte e as oportunidades vão aparecer. Esperamos que a gente possa ser feliz na noite de retorno. Sem tomar gol e nosso ataque inspirado para finalizar bem", contou o arqueiro, que ainda comentou sobre a penalidade máxima desperdiçada pelos donos da casa, com Matías Suárez, nos acréscimos do segundo tempo. 

    "Agradecer a Deus. Qualquer jogada agora pode virar de perigo. Precisamos concentrar bem para não dar armas para o adversário, com o juiz vendo em câmera lenta, que é bem mais transparente para que ele possa analisar com tranquilidade. Importante é que a equipe correu, lutou e teve oportunidades", finalizou.

    Cruzeiro e River Plate voltam a se encontrar na próxima terça-feira, às 19h15, no Mineirão. Caso o placar da ida se repita, a decisão irá para os pênaltis, enquanto empate com gols beneficia os visitantes. Quem vencer avança para encarar o time paraguaio Cerro Porteño ou o argentino San Lorenzo. 

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Palmeiras começa mal, mas busca empate com Godoy Cruz na Argentina

    Flu bate Peñarol e leva vantagem para o jogo no Maracanã

    Comentários