Fonte: OpenWeather

    Mundial


    Brasileiros conquistam prata e bronze na mesma prova de natação

    Com o feito, pela primeira vez na história da natação brasileira, o país tem dois atletas na mesma prova com medalhas

    Os nadadores brasileiros Felipe Ferreira Lima e João Luiz Gomes Júnior
    Os nadadores brasileiros Felipe Ferreira Lima e João Luiz Gomes Júnior | Foto: Divulgação/Confederação de Desportos Aquáticos

    Felipe Ferreira Lima e João Luiz Gomes Júnior foram conquistarem as medalhas de prata e bronze, respectivamente, com os tempos de 26.66 e 26.99 na prova de 50 metros peito no Mundial de Esportes Aquáticos, em Gwangju, na Coréia do Sul. Com o feito, pela primeira vez na história da natação brasileira, o país tem dois atletas na mesma prova com medalhas. A notícia contagiou milhares de brasileiros na manhã de ontem, quando a notícia veio à tona no Brasil, tendo em vista que pelo fuso horário a uma diferença de tempo de quase 12 horas.

    Uma prova de encher os olhos, já que ali entre eles estava nada mais nada menos do que o atual recordista mundial, Adam Peaty (GBR), e o cara a ser vencido pelo grande favoritismo que possui, o que acabou se concretizando, marcando ele 26.06, ficando a poucos centésimos do RM (25.88).

    O Brasil agora tem três medalhas na natação (somadas essas duas com a de Nicholas Santos, bronze nos 50 metros borboleta).

    Ainda nesta etapa, Marcelo Chierighini já havia se classificado para a final dos 100 metros livre masculino em 3º, e Etiene na 2ª posição dos 50m costas. O dia ainda teve o espetacular tempo do húngaro Kristof Milak, de apenas 19 anos, que pulverizou o recorde mundial da lenda Michael Phelps, levando o ouro nos 200 metros borboleta.

    Foi um dia espetacular para a natação brasileira e fechou com chave de ouro o dia da natação no mundial com a quebra de um recorde que parecia inatingível.

    *Com informações do site da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos 

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    8 mil alunos de escolas do AM participam da final do JEAs em Manaus

    Fisiculturistas representarão o Amazonas em competição nacional


    Comentários