Fonte: OpenWeather

    Série D do Brasileiro


    Manaus FC desperdiça pênalti e empata com Jacuipense na Bahia

    Placar foi de 1x1 e a decisão, que garante vaga para a final da Séria D do Campeonato Brasileiro, será na Arena da Amazônia, em Manaus

    Duelo ocorreu neste domingo na Bahia
    Duelo ocorreu neste domingo na Bahia | Foto: Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

    Riachão do Jacuípe - Em duelo válido pela partida de ida da semifinal da Séria D do Campeonato Brasileiro, o Manaus FC encarou a Jacuipense, na tarde deste domingo (28). O jogo terminou empatado em 1x1, no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe, no estado da Bahia. Aproximadamente 1 mil torcedores assistiram à partida nas arquibancadas. 

    Os únicos gols foram marcados no 1º tempo. O time amazonense ainda teve a chance de virar o placar, mas desperdiçou um pênalti aos 24 minutos da etapa final. Ambas as equipes já estão garantidas na Série C do Brasileirão de 2020. 

    O time baiano marcou o primeiro gol da partida em um pênalti batido por Thiago de Lima aos 27 minutos do primeiro tempo. No entanto, Hamilton Soares deu o troco aos 42 com um golaço - sem chances de defesa para o goleiro baiano. 

    Time nortista emparou em 1x1
    Time nortista emparou em 1x1 | Foto: Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

    Aos 24 minutos do segundo tempo, o Manaus FC teve um pênalti a seu favor, porém o jogador Negueba desperdiçou a chance ao escorregar e bater mal na bola. Aos 28 minutos, o jogo paralisou após um jogador da Jacuipense ficar caído em campo. Na ocasião, ele foi atendido fora do gramado. 

    Em seguida, foi a vez da equipe amazonense, que interrompeu a partida por três vezes, quando três jogadores do Manaus FC foram retirados de campo aos 33, 42 e 44 minutos, respectivamente. No futebol, em um jogo importante como este, a atitude é vista por muitos como "Catimba" - nome dados aos comportamentos adotados em campo para prejudicar o desempenho do adversário por meio de recursos astuciosos.

    No segundo tempo, por conta de algumas paralisações, o juiz concedeu 7 minutos de acréscimo e o jogo seguiu até os 52 minutos.

    Equipe amazonense 

    O técnico do Manaus FC, Welington Fajardo, avaliou a partida como difícil, por enfrentar uma equipe com 100% de aproveitamento em campo. Ele aproveitou para convocar o torcedor amazonense a lotar a Arena da Amazônia mais uma vez. 

    "Estudamos bem a equipe, mas se tivesse que ter um vencedor nessa partida seria o Manaus, que teve as melhores chances. Mas é isso mesmo, é o primeiro jogo, o primeiro tempo, sem contar que a gente vem em um desgaste muito grande. É o terceiro jogo em uma semana, em duas semanas serão cinco jogos. Precisamos muito do apoio da torcida, como ocorreu no jogo contra o Caxias. Vamos colocar mais de 40 mil torcedores na Arena, porque a torcida vai fazer a diferença e nos empurrar para uma final inédita", pontuou. 

    O zagueiro Thiago Spice, do Manaus FC, comentou sobre a partida e destacou que é hora de seguir em frente para vencer o próximo jogo em casa.

    "Um empate fora de casa não é de se jogar fora. Tivemos oportunidade de ganhar com o pênalti, mas infelizmente não conseguimos. Agora é bola pra frente e tentar garantir essa final na Arena", destacou. 

    Jogo ficou paralisado algumas vezes
    Jogo ficou paralisado algumas vezes | Foto: Renan Oliveira/E.C. Jacuipense

    O volante Márcio Gama, o "Panda", avaliou a partida e disse esperar contar com o apoio dos amazonenses no jogo de volta em Manaus. 

    "Um jogo muito complicado. Sabíamos da força da Jacupiense, mas tínhamos a proposta de vencer o jogo. Não obtivemos um resultado melhor pela qualidade do adversário e também a péssima condição do campo. Ainda não tem nada decidido, vamos descansar e nos preparar para o jogo na Arena e esperamos contar com o apoio da torcida mais uma vez", disse.

    O Manaus FC agora busca garantir a vaga para a final em partida de volta, no próximo sábado (3), às 17h (horário Manaus), na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. 

    Confronto direto

    Na outra semi, Ituano e Brusque disputam a outra vaga da final. No jogo deste domingo, no estádio Novelli Júnior, na cidade de Itu, em São Paulo, o Ituano abriu vantagem com Cláudio Júnior, que marcou 1x0 aos 21 minutos do primeiro. No segundo tempo a vantagem subiu para 2 a 0.

    Vaga na Semi

    Para ter a chance de disputar a semifinal, o time amazonense sobreviveu a fase mata-mata ao conquistar quatro vitórias e dois empates. No último jogo pela Série D, no dia 20 de julho em Manaus, o Manaus FC venceu o Caxias do Sul por 3 a 0 na Arena da Amazônia, diante de 44.121 torcedores.

    O público registrado foi superior aos dos jogos da Copa do Mundo de 2016 sediados em Manaus. Este ano, em todas as divisões do Campeonato Brasileiro, apenas Flamengo, Ceará e São Paulo colocaram mais torcedores que o Manaus FC em um estádio.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp

    De pênalti, Jacuipense abre o placar e Manaus FC empata com golaço

    De olho no título: boa fase do Manaus FC atrai torcedores amazonenses

    Comentários