Fonte: OpenWeather

    tiro esportivo


    Roberto Schmits conquista o 2º bronze do tiro esportivo no Pan de Lima

    Brasileiro ficou atrás dos americanos Derek Haldeman e Brian Burrows, campeão e novo recordista pan-americano

    O brasileiro ficou a uma posição da classificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020
    O brasileiro ficou a uma posição da classificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 | Foto: Washington Alves/COB

    O tiro esportivo garantiu a segunda medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos Lima 2019 nesta terça-feira (29). Depois de Júlio Almeida conseguir a terceira colocação na pistola de ar 10m no último domingo, hoje foi a vez do gaúcho Roberto Schmits levar a bandeira brasileira ao pódio.

    Assim como Júlio, ‘Schmitão’, como é conhecido, ficou a uma posição da classificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020. As vagas ficaram com os americanos Derek Haldeman, medalhista de prata, e Brian Burrows, campeão e novo recordista pan-americano.

    “É muito representar o Brasil e ganhar uma medalha. Fiz o meu melhor, mas o tiro esportivo é muito pessoal, é muito da cabeça. Esse bronze é 50% da Alessandra (Dutra, coordenadora de preparação mental) do COB, que me ajudou muito. Venho realizando um trabalho com ela. Com 42 anos praticando o esporte, nunca tive um acompanhamento assim. Mesmo com a idade, aos 51 anos, entrei ali, vi uma gurizada, eu era o mais velho. E esse trabalho me deu força para conseguir uma medalha. Não veio a vaga, mas vou tentar buscar na Finlândia”, disse um emocionado Roberto.

    No segundo final de semana de agosto, ele disputa uma etapa da Copa do Mundo no país nórdico que distribuirá duas vagas para Tóquio. Roberto veio melhorando pouco a pouco na competição.

    Na primeira eliminatória, terminou apenas na 10ª colocação, entre os 31 atletas participantes. Na segunda fase, disputada na manhã desta terça (26), subiu para a terceira colocação, atrás do mexicano Jorge Díaz Orozco e do peruano Alessandro de Souza. Na decisão, o primeiro a cair depois de 25 tiros foi o canadense Matthew Van Haaren. Na rodada seguinte, o mexicano Jorge Díaz Orozco, que liderou toda a classificação, foi eliminado e ficou com a quinta colocação.

    O peruano Alessandro Souza acabou na quarta colocação com 28 acertos. O brasileiro manteve o desempenho nas eliminatórias e, com 32 acertos, garantiu o bronze. 

    “Estou no meu terceiro e último Pan e vou buscar a vaga na minha última Olimpíada. Meu projeto é seguir a carreira como treinador”, contou ‘Schmitão’.

    Restou aos americanos Derek Haldeman e Brian Burrows, que passaram para a final em quarto e quinto, respectivamente, disputarem a medalha de ouro, já que haviam garantido as vagas olímpicas.

    Com 43 acertos, Burrows ainda estabeleceu um novo recordo pan-americano. Haldeman teve 40 e ficou na segunda colocação. O outro brasileiro na prova, Fernando Meneghel Silveira, ficou fora da final ao terminar a fase de classificação na nona colocação.

    Na carabina de 3 posições 50m, que também teve a final disputada nesta terça, Leonardo Nascimento que havia termina a fase de classificação na terceira colocação, não conseguiu repetir o desempenho na final e terminou na oitava colocação. Cássio Rippel terminou a primeira fase em 11º e não avançou à final.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Dobradinha na ginástica: Caio Souza e Arthur Nory brilham no Pan

    Taekwondo do Brasil faz campanha histórica nos Jogos Pan-americanos

    Comentários