Fonte: OpenWeather

    Vôlei de Praia


    Carol Horta e Ângela fica com o bronze no vôlei de praia em Lima

    Dupla venceu as cubanas Delís/Martínez por 2 a 0. No masculino, Oscar e Thiago venceram Hernandez/Gomez, da Venezuela, e ficaram com a sétima colocação

    O Brasil é o país com mais medalhas no Vôlei de Praia na história dos Jogos Pan-Americanos
    O Brasil é o país com mais medalhas no Vôlei de Praia na história dos Jogos Pan-Americanos | Foto: Alexandre Castello Branco/COB

    O Brasil encerrou a participação no vôlei de praia dos Jogos Pan-americanos nesta terça-feira (30)  com a medalha de bronze, mantendo a tradição de pódios da modalidade desde que entrou no programa pan-americano. Carol Horta/Ângela venceram as cubanas Delís e Martínez por 2 a 0 (21/19, 21/18) e ficaram com o terceiro lugar em Lima. 

    Precisando se recuperar da derrota na semifinal para a dupla dos Estados Unidos, as brasileiras não começaram o jogo bem. No primeiro set, chegaram a estar perdendo por 15 a 12, mas recuperaram a concentração e viraram a partida, fechando em 21 a 19, com direito a um belo ace de Carol. No segundo set, domínio de Carol e Ângela para fechar em 21 a 18 e correr pela arena com a bandeira do Brasil até cair no choro de felicidade.

    “Ontem choramos de tristeza porque falhamos como time. Eu não joguei bem, mas no esporte é assim: um dia não estamos bem, no outro é o seu dia. Queria agradecer aos meninos que trabalham com a gente todos os dias, à minha família e aos amigos, todos de Maceió e do Nordeste. Amo vocês! É um momento muito especial para nós. Nosso time é bronze”, celebrou Ângela. "Estou muito feliz porque hoje a gente jogou em alto nível. Conquistar uma medalha no Pan com 38 anos é a coroação incrível que eu nunca vou esquecer", completou a veterana das areias. 

    “A gente ficou muito feliz, muito emocionada. Saímos de um jogo difícil em que estávamos com o placar na frente e acabamos perdendo. Tivemos que recuperar a cabeça. Essa dupla de Cuba é aguerrida, sabíamos que ia ser difícil, mas nos concentramos pra dar o nosso melhor. Agora é comemorar essa medalha pro Brasil. Queria agradecer a todo mundo de casa, minha família, meu marido, meus amigos e dizer que amo vocês e que é o apoio de todos foi muito importante nessa partida”, disse Carol.

    No masculino, Oscar e Thiago fizeram uma boa partida contra os venezuelanos Rolando Hernandez/José Gomez e conquistaram a sétima colocação em Lima. A vitória foi por 2 a 0, parciais de 21/17 e 21/11.

    O Brasil é o país com mais medalhas na história dos Jogos Pan-Americanos, desde a inserção da modalidade no programa esportivo, em 1999. Somando os gêneros masculino e feminino, são cinco medalhas de ouro, três de prata e, agora, quatro de bronze.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Dobradinha na ginástica: Caio Souza e Arthur Nory brilham no Pan

    Taekwondo do Brasil faz campanha histórica nos Jogos Pan-americanos

    Comentários