Fonte: OpenWeather

    E-sports


    Time amazonense de CS:GO é campeão na XP Games

    O time, chamado de Eox Gaming, foi o vencedor do torneio realizado no Rio de Janeiro, no último final de semana

    A equipe conquistou o título no último domingo (28), vencendo a Alma Gaming na final
    A equipe conquistou o título no último domingo (28), vencendo a Alma Gaming na final | Foto: Reprodução

    A Game XP 2019 acabou no último domingo (28), recebendo mais de 95 mil aficionados pelo mundo virtual e pelo mundo geek. No local, além de cosplays e outras atrações, durante o evento foram realizados torneios de jogos consagrados no mundo.

    Dentre as atrações do evento, ocorreu a Odyssey Challenge Edição Game XP, onde a equipe amazonense Eox Gaming se sagrou campeã no jogo CS:GO, após final disputada contra equipe da Alma Gaming, rival do mundo dos E-sports.

    A equipe

    Composta por 3 amazonenses e 2 paulistas, jogam pela equipe os atletas: Pedro Sahdo Mendes, Thiago de Oliveira Sampaio (TRK), Felipe Medeiros (Skullz) -que rumou para a equipe W7M após o título -, Williams Saboia (will1zera) e Matheus Gonçalves.

    Os atletas se mudaram de seus estados para Curitiba, onde moram juntos, para aperfeiçoar os treinos e melhorar o jogo do time, colhendo os frutos da mudança com bons desempenhos disputados na modalidade.

    Equipe se preparando para o embarque para o Rio de Janeiro, onde conquistou o título na Game XP
    Equipe se preparando para o embarque para o Rio de Janeiro, onde conquistou o título na Game XP | Foto: Reprodução

    Williams Saboia

    A turma usou a experiencia adquirida com os treinos para ganhar tranquilidade para o torneio, de acordo com Williams Saboia. "Nossa preparação foi boa, tivemos 6 meses com a formação que jogou o campeonato, conosco morando junto, treinamos forte diariamente. Tudo isso me deu a certeza que o bom desempenho no campeonato seria consequência do nosso trabalho. Sabíamos do nosso potencial, trabalhamos forte e acreditávamos que podíamos conquistar", contou.

    O torneio contou com várias etapas, com a equipe sendo regularmente testada até o título. "Primeiro, a fase classificatória foi feita de forma online, onde somente os 2 finalistas iriam disputar presencialmente o torneio na Game XP. O evento classificatório contou com 32 times lutando pelas 2 vagas, conosco tendo êxito", explicou ele.

    A equipe está junta desde 2015, tendo jogado diversos torneios juntos desde então. "Em 2015, começamos a jogar com e chegamos a participar do nosso primeiro evento nacional, a G3X Cup. Desde então, sempre estivemos juntos. Estamos a 3 anos jogando juntos, com 3 jogadores de Manaus e com o restante da equipe sendo 2 de São Paulo", relatou Williams.

    De acordo com Willians, a sensação de gratidão é a principal conquista da equipe. "E muito gratificante, muitos amigos e familiares estavam torcendo por nós e podermos agradecer e retribuir a eles pelo apoio conosco trazendo esse título para o nosso estado é muito satisfatório", disse.

    Time comemorando a vitória, que lhes deu o título no último domingo (28)
    Time comemorando a vitória, que lhes deu o título no último domingo (28) | Foto: Reprodução

    Com a internet de baixa qualidade presente na região norte, os jogadores optaram por se mudar, o que gerou resultado. "Hoje estamos participando de vários campeonatos nacionais, com as melhores equipes do Brasil.  Atualmente, moramos em Curitiba pela dificuldade que é jogar de Manaus, por conta da Internet, o que influencia muito", comentou Saboia.

    Mesmo com os bons resultados que o time vem conquistado, o sacrifício realizado por eles é altíssimo. "Com certeza lutar por esse sonho é muito complicado. Primeiro, tivemos que abrir mão dos nossos familiares para buscar nossos sonhos. Além disso, hoje não temos patrocínios e estamos por nossa conta nessa caminhada, conosco correndo atrás de apoiadores. Hoje com toda certeza estamos entre as 5 melhores equipes de CS:GO no Brasil", finalizou Williams.

    Pedro Mendes

    Para Pedro, apesar das dificuldades que surgiram ao longo da preparação, o time sabia de seu potencial. "Tivemos um problema na preparação pois um membro do time saiu da equipe menos de 3 semanas antes da competição. Assim, jogamos da forma que tínhamos treinado durante os 4 meses que o time esteve junto, conseguindo o bom desempenho", explicou ele.

    Com a rotina de treinos que são submetidos, Pedro explicou que não foi surpresa. "Sempre acreditei e tinha muita confiança no meu time, por conta de nossos treinos, empenho e esforço pela equipe", relatou Mendes.

    Mesmo com as dificuldades da região, o jovem conta que o principal objetivo era valorizar o estado. "É um orgulho para a equipe poder conseguir um título representando o Amazonas, principalmente por sermos injustiçado e menosprezados devido as condições de internet da região", disse Pedro.

    Logo da equipe, conhecida pela frase ''engole o choro''
    Logo da equipe, conhecida pela frase ''engole o choro'' | Foto: Reprodução

    Após o título, a preparação dos jovens já voltou ao ritmo dos treinos, com torneios a vista. "Os próximos torneios do grupo serão a liga PRO da GamersClub e a Brasil Game Cup, nas quais estamos bem colocados para conseguir a vaga de classificação para os playoffs do torneio", comentou ele.

    Apesar dos treinos da equipe, o jovem sabe o grupo ainda precisa melhorar, tendo em vista o nível dos rivais. "A dificuldade é natural pois estão os melhores times do Brasil nesses campeonatos, o que faz com que tenhamos que melhorar cada vez mais", finalizou o jogador.

    Leia Mais: 

    Tenista amazonense quer brilhar em quadras americanas

    Manaus FC ganha reforço que havia sido emprestado para clube europeu

    Dobradinha no pódio e 4 medalhas para o Brasil na ginástica artística

    Comentários