Fonte: OpenWeather

    Brasileirão


    São Paulo bate Athletico-PR e encosta no líder

    Com gol de Vitor Bueno, equipe de Cuca ganha, chega aos 30 pontos e está dois atrás do Santos

    Vitor Bueno marcou o único gol do jogo na vitória do São Paulo sobre o Athletico-PR por 1 a 0 pelo Campeonato Brasileiro | Foto: Rodolfo Buhred/Reuters

    Curitiba -  O São Paulo manteve a boa fase após a parada da Copa América e superou o Athletico Paranaense, por 1 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba, em partida adiada pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.  A vitória fez o time do técnico Cuca subir para o quarto lugar com 30 pontos, mesma pontuação de Flamengo e Palmeiras, segundo e terceiro, respectivamente, e dois atrás do líder Santos. Vítor Bueno marcou o gol do triunfo aos 39 minutos do primeiro tempo.

    O Athletico começou a partida pressionando o São Paulo em seu campo, explorando o lado direito com Madson, que levava vantagem sobre Vítor Bueno. Aos seis e aos dez minutos, Marcelo Cirino recebeu passes pela direita e quase abriu o placar.

    O técnico Cuca percebeu a estratégia atleticana e inverteu o posicionamento de Liziero com Vítor Bueno e conseguiu neutralizar as jogadas pela direita. Em uma jogada pela esquerda, Liziero encontrou Vítor Bueno livre no meio da área, o atacante esperou a saída de Santos e tocou por cima para marcar o gol da vitória. Dois minutos depois Léo Pereira quase empata, após cobrança de escanteio.

    Na segunda etapa, para dar mais agressividade ao ataque, o técnico Tiago Nunes colocou o argentino Marco Ruben no lugar de Rony, mas a alteração não surtiu efeito imediato. O time da casa tentava impor mais velocidade, mas perdia passes curtos e perdia para a defesa do São Paulo.

    Aos 14 minutos, o atacante Raniel recebeu pela esquerda, ajeitou e bateu rente à trave de Santos. Apesar do susto, o Athletico voltou a responder e ficou mais agressivo com a entrada de Vitinho no lugar do amarelado Thonny Anderson, que não estava bem na partida. Com a entrada de Vitinho, Igor Vinícius deixou de avançar e o time da casa jogava praticamente no campo de ataque.

    Aos 26, Marco Ruben quase empata, após cruzamento pela direita, mas o atacante não alcançou a bola. Pressionado pelo time da casa, Cuca trocou o autor do gol, Vítor Bueno, pelo volante Willian Farias. O São Paulo esperava encaixar um contra-ataque, mas as oportunidades não surtiam efeito. A Athletico mantinha a pressão e aos 43 minutos o atacante Marco Ruben acertou uma bicicleta e a bola passou rente à trave.

    Comentários