Fonte: OpenWeather

    Halterofilismo


    Medalhistas mundiais e parapan-americanos estarão no Circuito Loterias

    Competição acontece a partir desta sexta-feira, 13, até o domingo, 15, no Centro de Treinamento Paralímpico, com 166 atletas de 11 estados e do DF

    Dentre os competidores, 13 são medalhistas nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019 | Foto: Divulgação/Sejel

    De sexta-feira (13) até o domingo (15), o Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, será palco para 166 halterofilistas de 11 estados mais o Distrito Federal conquistarem pontos para o ranking nacional de halterofilismo na 3ª etapa Nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa da modalidade. 

    Dentre os competidores, 13 são medalhistas nos Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019, no Peru: os paulistas Bruno Carra (até 45kg), Mariana D’Andrea (até 67kg), Amanda Sousa (até 73kg) e Christian Porteiro (acima de 107kg), o amazonense Lucas Manoel (até 49kg), os mineiros Lara Aparecida (até 41kg), Mateus de Assis (até 107kg) e Rodrigo Marques (até 97kg), o catarinense Ezequiel Correa (até 72kg), o potiguar Luciano Bezerra Dantas (até 52kg), o paraibano Ailton de Andrade (até 80kg), o baiano Evânio Rodrigues (até 88kg) e a carioca Tayana Medeiros (até 86kg).

    O manauara Lucas Manoel faz parte do seleto grupo que subiu ao pódio em duas grandes ocasiões da temporada: com um ouro na categoria até 49kg na versão júnior do Mundial,para atletas com até 20 anos, realizado no Cazaquistão, em julho. Pouco mais de um mês depois, ele conquistou um bronze na competição continental.

    “A preparação continua a mesma, não tem descanso. Quero melhorar minhas marcas. Se eu levantar 130kg quebro o recorde brasileiro júnior e o recorde das Américas júnior, que já são meus”, planeja o halterofilista de 18 anos, cuja marca no continente é de 126 kg, que ele conquistou no Campeonato Mundial de 2019.

    Além de manter a hegemonia nas conquistas juniores, Lucas também planeja ficar entre os três melhores na versão adulta.

    Esta é a terceira etapa Nacional do Circuito Brasil Loterias Caixa e penúltima competição do ano na modalidade. A primeira fase foi realizada em João Pessoa, na Paraíba, em março, e a segunda aconteceu em Curitiba, em abril. Todas somaram pontos para o evento derradeiro da temporada, o Campeonato Brasileiro, que será realizado de 8 a 11 de novembro, também no CT Paralímpico, em São Paulo.

    O Circuito

    O Circuito Brasil Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, halterofilismo e natação. Composto por quatro fases regionais e duas nacionais, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidade para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. Em 2019, as disputas das fases nacionais serão separadas por uma modalidade em cada fim de semana - haverá ainda um Campeonato Brasileiro de cada esporte.

     *Com informações da assessoria 

    Comentários