Fonte: OpenWeather

    Futebol Amazonense


    Os arqueiros guardiões do Manaus FC para a temporada 2020

    Jonathan, titular nas últimas temporadas, agora vê o clube trazer uma nova sombra para as redes do Gavião

    Os goleiros travarão um duelo em 2020 pela titularidade na meta do Gavião
    Os goleiros travarão um duelo em 2020 pela titularidade na meta do Gavião | Foto: Lucas Silva e Divulgação

    Jonathan reinou absoluto no gol do Manaus Futebol Clube (FC) conduzindo o clube ao tricampeonato amazonense e ao acesso ao Campeonato Brasileiro da Série C, pegando pênaltis decisivos nas fases de mata-mata da competição, que garantiram o acesso do clube.

    O arqueiro teve as sombras dos goleiros Milton, já rodado no futebol amazonense e a revelação da base do Manaus FC, Bruno Saul, que renovou com o clube para o ano de 2020. Agora, o clube anunciou o goleiro Gleibson, que jogou a Série D pela Juazeirense, tendo sido eliminado pela equipe do Brusque (SC), que se tornou o campeão do torneio posteriormente.

    Gleibson na última temporada realizou 23 jogos com a equipe da Juazeirense, tendo sofrido 23 gols na temporada, com média de um por partida. Na Série D, foram 12 jogos realizados e 10 gols sofridos até a eliminação da equipe.

    De acordo com um site especializado no meio esportivo, o atleta de 32 anos sofreu, ao longo de sua carreira, 114 gols, tendo realizado 86 jogos desde 2008, quando ascendeu no futebol pela equipe da Juventus (SP).

    "Graças a Deus deu tudo certo, o contrato já foi assinado e agora é trabalhar para alcançar os objetivos com a camisa do Manaus no ano que vem. O torcedor pode ter certeza de que não vai faltar empenho. Ao lado dos meus companheiros, vou lutar para conquistar títulos e construir uma história vitoriosa dentro do clube", disse o novo jogador do Gavião do Norte.

    Goleiro chega para ser a sombra de Jonathan no gol do Manaus FC
    Goleiro chega para ser a sombra de Jonathan no gol do Manaus FC | Foto: Divulgação

    Natural de Recife (PE), Gleibson Medeiros da Silva pela primeira vez defenderá as cores de uma equipe do Norte. Além de Ferroviário e Juazeirense, ele acumula passagens por Juventus-SP, Souza-PB, Porto-PE, Ipanema-AL, América-PE, Vera Cruz-PE, Petrolina-PE, Alecrim-RN, Salgueiro-PE, Serra Talhada-PE, Central-PE, CSE-AL, Coruripe-AL e Iguatu-CE.

    - O Manaus estava observando alguns goleiros para a disputa da próxima temporada, e o Gleibson se encaixou em tudo aquilo que a gente procurava: um jogador de qualidade, com números bons, em um momento atual interessante e que coube perfeitamente dentro da realidade financeira do clube - avaliou o diretor de futebol do tricampeão amazonense, Rodrigo Novaes, principal responsável pelas tratativas com o atleta.

    - O Gleibson é um goleiro vitorioso, foi campeão da Série D e conquistou a Copa Fares Lopes no ano passado com o Ferroviário. Neste ano, foi fundamental na campanha do Juazeirense, que chegou até o jogo do acesso na Quarta Divisão, mas acabou não subindo. É um atleta que chega para aumentar a competitividade entre os jogadores da posição no nosso elenco - finalizou o presidente de honra esmeraldino, Luis Mitoso.

    Jonathan

    O arqueiro é um dos pilares da vitoriosa equipe do Manaus Futebol Clube, tendo desembarcado no clube em 2014, um ano após sua fundação e sendo fundamental em todas as glórias do clube desde que foi fundado, em 2013.

    Na última temporada, o arqueiro realizou 35 jogos e sofreu 33 gols. No Campeonato Brasileiro da Série D, foram 16 jogos realizados como titular, tendo sofrido 16 gols e terminado a competição com média de 1 gol sofrido por partida.

    Aos 27 anos e com 130 jogos realizados na carreira, o goleiro sofreu 122, média inferior a um gol sofrido por partida desde o ano de 2010, quando o arqueiro surgiu na base do Nacional Futebol Clube, outro clube amazonense.

    Para Jonathan, o fato de ser amazonense aumenta ainda mais o sentimento por tudo que vem sendo feito no clube. “Por fazer parte do elenco e por ser da terra, é incrível estar ajudando o futebol amazonense a se reerguer, na medida do possível, assim, é um privilégio imenso estar nesse momento tão bom do clube”, relatou.

    O arqueiro foi titular nos últimos anos e pode ter uma sombra para 2020
    O arqueiro foi titular nos últimos anos e pode ter uma sombra para 2020 | Foto: Lucas Silva

    Trabalho e mais trabalho. Dessa forma, Jonathan define todo o apoio que recebe dos torcedores amazonenses. “É muito gratificante ter o reconhecimento, seja pelos torcedores do Manaus e de todo o Amazonas, que reconhecem meu trabalho, pois sempre busquei melhorar e fui recompensando com esse acesso e com o reconhecimento da torcida”, enfatizou. 

    O quebra cabeça

    No primeiro momento, Jonathan deve manter sua titularidade, tendo em vista o prestigio que conquistou ao longo das temporadas do Manaus Futebol Clube, além de viver uma boa fase com o clube, sendo um dos responsáveis pelo acesso do clube.

    Mas, terá no banco as suas sombras. Além da chegada de Gleibson, que deve ser o reserva imediato de Jonathan para a temporada 2020, onde os amazonenses terão o maior calendário de sua história, o clube também conta com o goleiro Bruno Saul em seu elenco, sendo este uma das maiores promessas do clube nas últimas temporadas.

    Ainda sem saber quem será o técnico da equipe para a próxima temporada, é certo que o sucessor, ou não - caso Fajardo renove - no comando do Gavião do Norte terá um problema, dos bons, para resolver, ao ter que escolher entre 3 bons nomes para defender a meta dos amazonenses.

    Próxima temporada

    O Manaus Futebol Clube terá, no ano que vem, o maior calendário de jogos ao longo dos cinco anos de fundação, pois disputará a Copa do Brasil, Campeonato Amazonense e a Série C, que possui uma duração maior que o Campeonato Brasileiro da Série D, com disputa de mais jogos. 

    Comentários