Fonte: OpenWeather

    Multiuso


    Sem futebol, mega shows garantem manutenção da Arena da Amazônia

    Estádio é palco de espetáculos, que reúnem milhares de pessoas e ajudam na manutenção do espaço, que chega a alcançar R$ 1 milhão por mês

    Arena é multiuso e recebe partidas de futebol, shows e outros eventos | Foto: Ione Moreno

    Manaus - Cinco anos após a inauguração, a Arena da Amazônia luta para escapar do rótulo de "elefante branco". Com um alto custo de manutenção mensal, o estádio multiuso recebe shows e eventos culturais, que contribuem para a conservação do complexo. Já que até meados de 2019 o estádio não concentrava público razoável parar partidas do futebol local. Na modalidade, até então, os destaques de público haviam sido para jogos da Seleção Brasileira e de times cariocas e paulistas, como Vasco e Corinthians. Porém, a situação está prestes a mudar, desde que o Manaus Futebol Clube (Manaus FC) garantiu o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro diante de mais de 44 mil torcedores. 

    Integram a lista de eventos, que ajudam na manutenção da Arena, mega shows como o VillaMix e Garota Vip, ambos realizados esse ano na Arena. Recentemente, na última sexta-feira (13), o espaço também foi palco para apresentações da dupla Sandy e Jr. na turnê "Nossa História". Após 12 anos, a dupla de irmãos retornou a Manaus e contagiou os fãs amazonenses. 

    Conforme divulgado em março pela Secretaria de Estado da Juventude e Lazer (Sejel), a Arena iniciou 2019 com o custo mensal de R$ 1 milhão - um verdadeiro rombo para o Governo do Estado, que administra o estádio. 

    Secretário da Sejel, Caio André Oliveira
    Secretário da Sejel, Caio André Oliveira | Foto: Mauro Neto

    “A Arena é um espaço construído pelo e para o futebol, mas é multiuso. Somente agora nosso futebol começa a dar sinais de recuperação”, diz o titular da Sejel, Caio André Oliveira, referindo-se à ida do Manaus Futebol Clube para a série C do Campeonato Brasileiro. A expectativa, segundo André, é que em 2020 haja mais partidas de futebol no estádio amazonense.

    “Por enquanto, são os espetáculos musicais que garantem maior contribuição para a manutenção de todo o complexo”, revela o secretário. “Já tivemos o Villa Mix, com a maior estrutura montada no Norte do Brasil, Wesley Safadão com o Garota Vip, e Sandy e Junior, que foi grandioso, além de diversos eventos culturais. A arena oferece estrutura para tudo, sem prejudicar o campo”, completa.

    Administração

    Caio enfatiza que o uso da Arena não é cedido. “Ceder não é a expressão correta. Não cedemos esse espaço, nós alugamos. Existe um custo para a manutenção do estádio, portanto quem quer utilizar, tem que pagar por essa utilização”, explica.

    Segundo o titular da Sejel, até dezembro de 2018, o gerenciamento dos eventos na Arena era mal feito, o que acarretou prejuízo milionário. Atualmente, a regulamentação para o uso do estádio é mais rígida. “Existe uma gestão e uma portaria normativa que regulamenta essa relação entre nós, que somos responsáveis pela Arena Vivaldo Lima, e os particulares que querem usá-la. Cumprindo todas as exigências e garantias, pode usar. É contrato”, reforça.

    Arena é multiuso e recebe partidas de futebol, shows e outros eventos
    Arena é multiuso e recebe partidas de futebol, shows e outros eventos | Foto: Divulgação

    Caio garante que haverá outros grandes espetáculos na Arena ainda em 2019. Em outubro, por exemplo, o complexo recebe o Samba Manaus, com artistas como Thiaguinho, Raça Negra e Sorriso Maroto. 

    Questionado sobre as chances da Arena da Amazônia ser palco de shows internacionais, Caio não descarta a possibilidade. ”Se o produtor do show musical atender a todas as exigências e garantias, a Arena está pronta para receber qualquer espetáculo do mundo. Qualquer um”, garante. 

    Manaus F.C

    A campanha histórica do Manaus F.C rumo à série C do Brasileirão reacendeu a paixão do amazonense pelo futebol local. A partida entre o Gavião do Norte e o Brusque, de Santa Catarina, pela final da série D, no mês passado, reuniu o maior público da Arena desde a sua inauguração: 44.896 pessoas. 

    Com a ida do time manauara para a terceira divisão, clássicos da série C são aguardados no próximo ano na Arena da Amazônia.

    Shows

    Entre os mega shows que já passaram pelo complexo esportivo, está o VillaMix, o maior festival de música sertaneja do país. O evento ocorreu em abril e reuniu milhares de pessoas, que acompanharam os shows mesmo com a forte chuva que caiu durante as apresentações. A estrutura trazida pelo VillaMix foi uma das mais impressionantes que a Arena já viu: um palco de 22 m de altura, equivalente a um prédio de nove andares.

    Público reunido na Arena para o show de Sandy e Junior
    Público reunido na Arena para o show de Sandy e Junior | Foto: Yghor S'ttéphano Palhano

    Em agosto, foi a vez de Wesley Safadão e o Garota Vip agitarem o estádio com um show de mais de 10 horas. 


    Comentários