Fonte: OpenWeather

    Copa do Brasil


    Internacional e Athletico se preparam para decisão da Copa do Brasil

    Equipes se enfrentam na quarta-feira (18), com a vitoria da equipe paranaense no jogo de ida da Copa do Brasil

    Times buscam o título da Copa do Brasil para coroar a temporada
    Times buscam o título da Copa do Brasil para coroar a temporada | Foto: Divulgação

    A Copa do Brasil, além de um prêmio milionário ao vencedor, também garante ao campeão a vaga na Libertadores do ano seguinte e a conquista de um título nacional. Com esses atrativos, a competição virou a obsessão na temporada de Athletico (PR) e Internacional (RS), que se enfrentam no estádio Beira-Rio, às 20h30 de quarta-feira (17), no Rio Grande do Sul, após a vitória dos paranaenses no jogo de ida por 1x0, com gol da joia Bruno Guimarães.

    Pressionando os visitantes e controlando mais as ações da partida, o Furacão abriu o placar aos 12 minutos da 2ª etapa, com um belo gol do volante Bruno Guimarães, após troca de passes com Marco Ruben. O gol foi o único do confronto e deu a vantagem para os paranaenses na volta.

    O Furacão

    Bruno Guimarães, destaque dos paranaenses, foi o responsável pela vantagem no placar
    Bruno Guimarães, destaque dos paranaenses, foi o responsável pela vantagem no placar | Foto: Divulgação

    O Athletico Paranaense embarcou na tarde desta terça-feira para Porto Alegre, para disputar o segundo jogo da final da Copa do Brasil, diante do Internacional. Centenas de torcedores rubro-negros foram até o aeroporto Afonso Pena para prestigiar a equipe.

    Em busca do título inédito da Copa do Brasil, os paranaenses têm a vantagem do empate nos próximos 90 minutos, no Beira-Rio. O lateral Marcio Azevedo quer o time ligado, sabendo que a equipe adversária vai precisar se lançar ao ataque para reverter o placar.

    “É uma vantagem importante, ainda mais jogando em casa. Eles vão ter que sair um pouco mais para buscar um resultado. Então, temos que estar focados para esse jogo. Nós não podemos perder o nosso foco e a nossa maneira de atuar. Temos que estar concentrados, como foi nesse jogo em casa”, finalizou.

    O Internacional

    Guerrero é uma das principais esperanças do Internacional para reverter o placar adverso
    Guerrero é uma das principais esperanças do Internacional para reverter o placar adverso | Foto: Divulgação

    Segundo a diretoria do Internacional, pelo menos 50 mil estarão presentes na finalíssima. Portanto, é provável que o Inter estabeleça um novo recorde em seu estádio. Atualmente, a maior marca pertence aos 49.614 torcedores que compareceram no embate que marcou a eliminação do time na Libertadores, contra o Flamengo.

    Por conta do revés na Arena da Baixada, o Internacional é obrigado a superar o Athletico dentro dos seus domínios. Se quiser conquistar o caneco no tempo regular, a equipe de Odair Hellmann precisa vencer por dois gols de diferença. Caso o Colorado ganhe por um gol, as penalidades máximas vão decidir quem levanta a taça.

    Para Lindoso, atleta do Internacional, a calma será um ponto fundamental para que os gaúchos alcancem a virada. “Vamos aprendendo a controlar a ansiedade, já participei de algumas finais e jogos importantes. Não podemos deixar atrapalhar, somos profissionais e temos de controlar isso. O horário do jogo vai chegar, então não precisamos pular etapas, temos que estar focados no trabalho diário e com a cabeça boa. Temos de pensar no que nos trouxe até aqui”, finalizou.

    Arbitragem

    A CBF divulgou oficialmente nesta segunda-feira a equipe de arbitragem encarregada pelo jogo de volta da final da Copa do Brasil, entre Internacional e Athletico-PR. O árbitro principal será Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO), auxiliado por Bruno Raphael Pires (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO).

    Sampaio, de 37 anos, apitou uma partida de cada um dos semifinalistas, ambas pelas quartas de final. O goiano comandou a arbitragem na derrota do Inter para o Palmeiras por 1 a 0, em São Paulo, na ida; e a vitória nos pênaltis do Athletico sobre o Flamengo após empate por 1 a 1, no Rio de Janeiro, pela volta.

    *Com informações da Gazeta Esportiva

    Comentários