Fonte: OpenWeather

    Futebol local


    Amazonas FC: a onça-pintada vai rugir no futebol local

    Amazonas FC é a nova aposta do futebol para inserir o Estado entre os grandes do futebol

    Elenco teve sua apresentação oficial na Arena da Amazônia
    Elenco teve sua apresentação oficial na Arena da Amazônia | Foto: Ione Moreno

    Manaus - Fundado em 23 de maio de 2019 pelo empresário Wesley Couto e investidores do Estado, o Amazonas Futebol Clube (FC) está nas vésperas de sua primeira competição oficial. Prestes a estrear na competição, no próximo mês de outubro, o clube fez a apresentação oficial do elenco para a Série B do estadual, em evento realizado na Arena da Amazônia, nesta  sexta-feira (20). 

    Na apresentação do elenco, estiveram presentes o presidente do conselho deliberativo, Roberto Peggy, o vice-presidente do conselho deliberativo, o vereador Willian Abreu e o técnico e diretor de futebol, o paulista Lecheva, além dos atletas contratados pelo grupo. O clube entra para a competição com orçamento salarial de R$ 50 mil.

    O vice-presidente 

    Willian Abreu abriu as apresentações comentando sobre a história do clube. "A ideia surgiu durante uma reunião de amigos, com a proposta de criarmos o clube, apesar da dificuldade que temos na região em fazer futebol profissional. completando que as tratativas já estavam ocorrendo desde o ano passado. 

    "Tentávamos fundar o clube desde o ano passado, mas a ideia apenas se confirmou em 23 de maio de 2019,  na busca de levar entretenimento para a cidade. Apesar de toda a crise que vivemos atualmente, entendemos que o futebol pode ser uma porta de salvação", comentou o vice-presidente.

    Willian Abreu (A direita, de boné amarelo), abriu os trabalhos na cerimonia
    Willian Abreu (A direita, de boné amarelo), abriu os trabalhos na cerimonia | Foto: Ione Moreno

    Abreu disse que o sentimento nas vésperas da estreia do clube, caçula no futebol local e que enfrentará a sua primeira competição oficial. é de euforia."Sem duvida é um momento histórico para o estado e também para o nosso Amazonas FC", finalizou.

    O presidente do conselho deliberativo

    Na sequência, Roberto Peggy assumiu os microfones do evento e, além de falar da história do clube, falou sobre o caminho percorrido até assumir a presidência do conselho. 

    "Em março, fui chamado pelo Willian para criar a identidade visual do Amazonas FM. Não tinha pretensão com outro projeto esportivo, por conta do longo trabalho que fiz no Nacional. Com o convite do Willian, ao saber o nome do clube, fiquei mexido, por conta da representação do nosso Estado", revelou.

    Após a fala inicial, Peggy comentou os seus feitos na carreira, que o credenciaram para ser escolhido para a função. "Eu redesenhei o escudo do Nacional, após mais de 40 anos com o mesmo escudo. Redesenhei também a identidade da Federação Amazonense de Futebol, tendo conhecimento do assunto", esclareceu.

    Peggy deu prosseguimento nas falas no evento
    Peggy deu prosseguimento nas falas no evento | Foto: Ione Moreno

    O presidente comentou que a escolha do símbolo pela onça pintada, justifica-se pelas características amazônicas. "Não queríamos um animal de outra fauna, queríamos um animal nosso, e a onça tem uma representação grande para o Amazonas, isso nos trouxe a inspiração", explicou.

    Sobre as cores preto e amarelo do clube, ele explicou que buscaram fugir do padrão. "Seria óbvio um clube com esse nome ter as cores azul, vermelho e branco, onde já temos muitos times no local com essas cores, o que ajudou a equipe a escolher as cores amarelo e preto para oficializarmos", revelou o dirigente.

    Roberto, que já foi presidente de outro clube amazonense, revelou que a experiência em outras oportunidades ajudou no novo clube. "Por minha experiência esportiva, ajudei na montagem do elenco, sugerindo o nome do Lecheva, que teve toda autonomia para montar o elenco, com os atletas que aqui estão", comentou.

    Por fim, o dirigente revelou que até mesmo a localização da sede do clube foi estrategicamente pensada. "O Amazonas FC surgiu no coração da Zona Leste, com a sede no famoso "Jorge Texas" - Jorge Teixeira, uma área tão discriminada em nossa cidade. Representaremos a região, pois queremos a massa conosco, incluindo apoio nas regiões", finalizou.

    Lecheva

    Lecheva (com o microfone) explicou sobre a montagem do elenco para o torneio
    Lecheva (com o microfone) explicou sobre a montagem do elenco para o torneio | Foto: Ione Moreno

    Ao final dos presidentes, o diretor do departamento de futebol e técnico do elenco, Lecheva, explicou sua participação nessa primeira etapa do clube. "Para servir ao futebol profissional, tive participação, com o apoio da diretoria, desde o início desse processo, para que tenhamos ao final da competição, ter nosso objetivo alcançado", enfatizou.

    Para ele, o clube vem para ser uma nova força no futebol local. "O Amazonas FC entra de igual para igual com qualquer clube do Estado, mesmo sendo um clube novato, pois vem para o Campeonato com uma gestão profissional e responsável, já experiente no cenário esportivo", argumentou o treinador.

    Novato na competição, Lecheva aposta que o clube brigará por título. "Mesmo sendo o caçula, o clube vem para dar bastante trabalho ao futebol local, buscando o acesso ou até mesmo o título nessa primeira competição", comentou o técnico.

    Questionado sobre novas contratações de jogadores para a competição, o técnico não fechou a porta para reforços. "Nosso elenco está 90% fechado, mas temos algumas posições que ainda buscamos reforços para a disputa da competição", finalizou ele.

    Parte do elenco do Amazonas FC que tentará o acesso
    Parte do elenco do Amazonas FC que tentará o acesso | Foto: Ione Moreno

    Jogadores

    O atacante Daday, recém chegado no clube amazonense, espera fazer uma boa temporada com o elenco. "Espero que a experiência com o clube seja boa, com expectativas de bons jogos para alegramos os torcedores", comentou ele.

    Questionado acerca da expectativa para a competição, Daday disse querer conduzir o clube rumo a elite do futebol local para 2020. "Com o bom grupo de jogadores formado pela diretoria, creio que iremos em busca do acesso", finalizou.

    Outra contratação foi o jovem talento local Caique, que surgiu no Rio Negro (AM) e logo se destacou nos gramados barés. Para ele, que está emprestado ao Amazonas FC, a experiência pode ser benéfica a sua carreira.

    "A expectativa que tenho é de poder realizar um bom campeonato com o Amazonas FC e fazer história no clube. É gratificante trabalhar com pessoas novas, para aprendermos cada vez mais, como será o caso com o treinador Lecheva", disse o jogador.

    Para ele, a oportunidade recebida é a prova de que o trabalho vem sendo bem feito e recompensado. "Espero fazer um bom trabalho com o grupo, para que conquistemos tudo o que desejamos. Estou mostrando trabalho e espero poder cumprir as expectativas", finalizou.

    Romário, recém-recuperado de lesão, tentará a volta por cima nos gramados
    Romário, recém-recuperado de lesão, tentará a volta por cima nos gramados | Foto: Ione Moreno

    O meia atacante Romário, que ficou afastado dos gramados por conta de lesões - o atleta chegou a quebrar o tornozelo -, é a chance de retomar a carreira. "Foram anos afastados dos gramados e estou vendo esse convite como uma nova oportunidade de retomar a carreira. Foram 4 anos de profissional, interrompidos por lesões, além de portas fechadas. Com essa porta aberta, é daqui para melhor", disse ele.

    O jogador comentou que a equipe vem com a expectativa de fazer uma boa participação dentro do torneio. "Buscaremos o acesso a elite do futebol local, para que possamos fazer história, pois somos os primeiros jogadores do clube e queremos o acesso e o título do campeonato", finalizou ele.

    Elenco

    Goleiros: Oliveira (ex-Fast Clube/AM), Iago Salles (ex-Castanhal/PA), Bruno Saul (ex-Manaus); Laterais: Paulinho (ex-Nacional/AM), Magnum (ex-São Raimundo/PA), Souza (ex-Tocantinopólis); Zagueiros: Brendo (ex-Rio Negro/AM), Rubran (ex-Santos/AP), Bernardo (ex-Tocantinopólis), Gustavo (Anori); Meias: Paulinho (ex-Força e Luz/RN), Dioguinho (ex-Ypiranga-AP), Emerson Bacas (ex-Real Ariquemes-RO), Rodrigo Castanhal (ex-Tocantinopólis), Babau (Anori), Romário (ex-GAS); Volantes: Pelezinho (ex-Águia de Marabá/PA), Otávio (Ex-Santos-AP); Atacantes: Caique (ex-randuba), Daday (ex-Real Ariquemes), João Lucas (ex-Manaus FC), Gileard (ex-Bacabal-MA), Daivison (ex-Tocantinopólis)), Tiago (base), Isaías (base)

    Elenco completo do Amazonas FC
    Elenco completo do Amazonas FC | Foto: Ione Moreno

    Patrocínios

    Para a competição, o clube divulgou um orçamento mensal de R$50 mil. O clube conta com o apoio de Samel, patrocinador Master do clube, da empresa JLobo, que fornecerá o material esportivo e as empresas Dara Produções, Demanda S/A e Hulk Brasil.

    Uniformes

    O primeiro uniforme terá camisas, calções e meiões amarelos, com detalhes pretos. Já o segundo será com camisas, calções e meiões brancos com detalhes amarelos, e o terceiro uniforme do clube terá camisas, calções e meiões pretos com detalhes amarelos.

    O clube ainda terá duas opções de uniformes para os goleiros, sendo o primeiro com camisas, calções e meiões azuis com detalhes pretos. A segunda opção para os goleiros do clube será com camisas, calções e meiões vermelhos com detalhes pretos.

    A equipe estreia na série B em 12 de outubro contra o Tarumã, às 16h, no estádio Ismael Benigno. 

    A competição terá sua final no dia 16 de novembro e além do Amazonas FC, outros quatro clubes disputam a competição: Cliper, Holanda, São Raimundo-AM e Tarumã.

    Comentários