Fonte: OpenWeather

    comunidade


    Comunidade pede apoio para revitalizar espaço para o lazer de crianças

    A quadra está situada na Travessa Sumaúma, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus

    Segundo os morares, o local é o único espaço de lazer da Travessa Samauma | Foto: Brayan Riker

    Manaus - Em um local que há somente uma quadra de areia sem nenhuma estrutura e sem cobertura, as crianças da comunidade na Travessa Sumaúma, Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus, clamam por revitalização do seu único espaço para o lazer.

    Os pais e responsáveis demonstram preocupação ao verem os filhos tentando brincar na quadra que há na via. Segundo ele, entre os problemas que o lugar apresenta, está a areia, onde os carros passam por cima da quadra, a falta de cobertura por conta do sol e a escuridão, durante à noite. Para os responsáveis, as crianças correm risco de adquirir doenças ou serem vítimas de algum crime de violência.

    O morador Leandro Oliveira, autônomo, conta que os filhos já ficaram doentes por conta de uma infecção causada por fungos da areia. Ele ainda relata o perigo da bola nos postes, pois na quadra não há nenhum tipo de proteção. “É somente a areia e uma trave se desmontando”, contou.

    O vigilante Tiago Francisco afirma que gostaria da revitalização para, assim, realizar os campeonatos que ele mesmo organiza para dar um pouco de entretenimento para as crianças e até mesmo para os responsáveis.

    As crianças, por sua vez, não deixam de sonhar e pedem por um projeto de revitalização com uma quadra coberta, de grama sintética, com arquibancada e iluminação adequada para poderem continuar os seus campeonatos de futebol à tarde.

    A Secretaria Municipal De Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), que informou que essa área não está listada no sistema da secretaria, mas que irá enviar uma equipe ao local para averiguar as condições de uso. Caso seja de competência do poder público municipal, tomará as medidas necessárias de imediato.

    Quem puder colaborar de alguma forma com a estrutura do espaço pode entrar em contato com um dos moradores, identificado como Marcos Vieira, pelo número: (92) 99230-8069.

    Comentários