Fonte: OpenWeather

    Barezão 2020


    Penarol vence Princesa do Solimões e encerra jejum de 8 anos

    O atacante Nena, ex-Manaus FC marcou o gol que encerrou jejum desde 2012 sem vitória do Penarol contra o Princesa do Solimões, em Manacapuru

      

    Começo nervoso do Penarol foi compensado com gol de Nena e quebra de tabu que durava desde 2012
    Começo nervoso do Penarol foi compensado com gol de Nena e quebra de tabu que durava desde 2012 | Foto: Divulgação/ Princesa do Solimões

    Manaus - O clássico do interior colocou frente a frente os únicos times fora da capital com título Estadual. O Penarol AC não vencia o Princesa do Solimões em Manacapuru há oito anos, mas pôs fim ao jejum logo na abertura do Barezão 2020. Em partida marcada por grande presença da torcida e muitas defesas de Luiz Paulo e Renan “Paredão”, Nena garantiu os três pontos para o Penarol. 

    Para a segunda rodada, os dois times vêm à capital. No sábado (25), o Leão da Velha Serpa vai até o estádio Carlos Zamith, localizado no bairro do Coroado, Zona Leste de Manaus, para jogar contra o São Raimundo, às 15h30. Já o Princesa do Solimões encara o Iranduba, no domingo (26), no estádio Ismael Benigno (Colina). A bola está prevista para rolar às 17h.

    O jogo

    O Tubarão, jogando em casa, começou pressionando o Penarol. O meio de campo do Princesa começou ativo, com Tiago Amazonense e Thiago Bigo regendo o time em direção ao ataque. A grande chance do time da casa foi em cobrança de falta cobrada por Bigo, que Antony cabeceou, mas Renan "Paredão" fez excelente defesa, demonstrando o que seria a tônica do jogo.

     

    | Foto: Reprodução/ Princesa do Solimões

    Enquanto o Princesa do Solimões perdia chances, o Penarol terminava o primeiro tempo nervoso, com muitas reclamações e faltas consecutivas, e levou três cartões amarelos. Na volta para o segundo tempo, o Leão da Velha Serpa mostrou mais vontade e foi se soltando com o decorrer da partida. Para vencer o Tubarão e quebrar o jejum de oito partidas sem vencer em Manacapuru, o atacante Nena, pouco acionado durante o jogo, precisou de apenas duas chances.

    Na primeira tentativa, a cabeçada de Nena parou em Luiz Paulo, que fez ótima defesa. Na segunda chance que teve, o atacante, ex-Manaus FC, aproveitou cruzamento de Digão para fazer o gol da vitória do time comandado por Igor Cearense. Com o fim da partida se aproximando, o Tubarão partiu para cima e quase marcou, mas o Penarol contou com Renan "Paredão" e com a sorte, após finalização de Branco parar na trave.

    Comentários