Fonte: OpenWeather

    Apoio


    Inter abre Gigantinho para auxiliar no combate à pandemia de Covid-19

    Presidente do clube segue em isolamento após testar positivo

    | Foto: Divulgação/Internacional

    Mais um clube brasileiro entrou na luta contra o novo coronavírus (Covid-19). O Internacional divulgou que as dependências do Gigantinho estão à disposição do governo gaúcho. O Colorado já tinha oferecido suas instalações na semana passada e, na última terça-feira (24), recebeu o pedido oficial da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul.

    De acordo com o clube, a estrutura será cedida até o dia 30 de junho, inicialmente. O Gigantinho vai abrigar o público mais vulnerável e com dificuldade na prevenção e tratamento da Covid-19. Além do ginásio, o Centro de Eventos Arthur Dallegrave servirá como suporte.

    Em 2019, o Inter fez ação semelhante em parceria com a prefeitura de Porto Alegre durante o inverno. Com os termômetros na casa dos 4ºC, o clube abriu o ginásio para pessoas em situação de rua, oferecendo cobertores, colchonetes e alimentação.

    Não é a primeira ação do Colorado no combate à pandemia do novo coronavírus. No último domingo (22), o clube emitiu uma nota apoiando o trabalho dos profissionais da saúde envolvidos no combate à Covid-19 e iluminou o Beira-Rio de verde, em forma de homenagem.

    Na última sexta (20), o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, de 59 anos, testou positivo para Covid-19. Apesar de não apresentar mais os sintomas da doença, o clube informou que Medeiros ficará um total de 14 dias em isolamento e repouso. Ele mandou um recado para a torcida colorada.

    “Estou aqui inicialmente para agradecer as mensagens de apoio, de solidariedade, de carinho. Quero dizer que estou bem, que estou melhorando a cada dia, que desde o início meus sintomas sempre foram muito leves: febre baixa e em nenhum momento eu tive dificuldade respiratória. Estou cumprindo exatamente o que meu médico, o que o departamento médico do Inter e o que as autoridades de saúde estão recomendando. Estou em isolamento, já se passaram oito dias que estou isolado em casa. Fique em casa, não saia. Em breve, fazendo essas medidas, a gente vai superar esse momento difícil e vai poder voltar, se Deus quiser, à nossa vida normal. Mais uma vez obrigado e um grande abraço a todos”.

    O departamento de futebol do Internacional suspendeu todas as suas atividades por tempo indeterminado.

    Comentários