Fonte: OpenWeather

    Bundesliga


    De olho na Liga Europa, Hoffenheim demite técnico Alfred Schreuder

    A quatro rodadas do fim da Bundesliga, clube alemão demite técnico alegando que medida faz parte do planejamento para o futuro

    O clube está apenas dois pontos atrás do Wolfsburg, primeiro clube na zona de classificação para a Liga Europa
    O clube está apenas dois pontos atrás do Wolfsburg, primeiro clube na zona de classificação para a Liga Europa | Foto: Reprodução/ Twitter @achtzehn99_en

    Até parece o futebol brasileiro, mas não é. Faltando apenas quatro rodadas para o fim da temporada do Campeonato Alemão, e cinco rodadas após a paralisação devido ao novo coronavírus (covid-19), o Hoffennheim demitiu o técnico Alfred Schreuder.

    De acordo com o próprio treinador holandês, pesou na decisão o planejamento para a próxima temporada.

    “Infelizmente, não conseguimos chegar a um acordo comum sobre como gostaríamos de liderar o Hoffenheim no futuro. Não é incomum na vida profissional ter opiniões diferentes. Você precisa ser honesto um com o outro e extrair as conseqüências apropriadas”, disse o técnico ao site do clube.

    Em comunicado oficial, o Hoffenheim explica que o foco do trabalho da equipe também, e principalmente, era nas próximas temporadas. Porém, ao planejar o futuro e com a crise do novo coronavírus, surgiram diferenças em relação à direção do clube e ao caminho a seguir. O diretor de futebol, Alexander Rosen, explicou a decisão.

    “Tínhamos opiniões diferentes sobre questões importantes e detalhadas, e trabalhar juntos até o final da temporada não faz mais sentido”.

    A declaração seria compreensível, uma vez que o clube não corre risco de rebaixamento. Contudo, o Hoffenheim ainda tem grande chance de conquistar uma vaga na Liga Europa. Atualmente na sétima colocação do Campeonato Alemão e faltando quatro rodadas para o fim, a equipe está apenas dois pontos atrás do Wolfsburg, primeiro clube na zona de classificação para a Liga Europa.

    Alfred Schreuder saiu do Ajax para o Hoffenheim no início da temporada e tinha contrato com os alemães até 30 de junho de 2022. Com a demissão, o time será comandado por um quarteto de técnicos que já são funcionários do clube. Além disso, o próprio diretor de futebol, Alexander Rosen, vai se aproximar ainda mais da equipe.  Segundo o site oficial do Hoffenheim, Rosen e a gerência buscam agora um novo treinador para a próxima temporada.

    Comentários