Fonte: OpenWeather

    Fast Clube


    Fast planeja dois reforços por dia e diz estar pronto para a Série D

    Ainda sem definições da CBF, presidente do Fast Clube afirma que, caso a Série D começasse esta semana, clube estaria pronto para a disputa

    Fast Clube se movimenta nos bastidores na ausência de futebol
    Fast Clube se movimenta nos bastidores na ausência de futebol | Foto: Divulgação/ Adilson Nascimento

    Manaus - É fato que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não tem definições acerca do começo da Série D do Brasileirão 2020. Mas isso não é problema para Dênis Albuquerque, presidente do Fast Clube. Segundo o mandatário, se o torneio começasse hoje o clube estaria pronto para a disputa.

    Sem torneios para serem disputados, restou ao Tricolor focar nos bastidores. O clube vem se movimentando para reestruturar o programa de Sócio-Torcedor, parado há um ano, além da montagem do elenco.

    "Durante a semana, a cada dia serão anunciados dois reforços. Volto a lembrar que o Fast está com o elenco 90% formado, faltam apenas quatro posições para finalizar, mas se a Série D começar hoje, o Fast está com o elenco aguardando apenas o posicionamento da CBF", destaca Albuquerque.

    O presidente do Rolo Compressor destaca ainda que a novela que o torcedor fastiano mais acompanha está nos capítulos finais. Segundo ele, as negociações com o lateral-direito Maicon, ex-Seleção brasileira, estão no ponto de definição.

    O empresário do jogador de 38 anos é o mesmo do atacante Luizão, artilheiro do clube no Barezão 2020. Isto, teoricamente, facilitaria a negociação, mas até agora não há nada definido. "Espero que tenha um final feliz para ambas as partes, devo ter uma resposta concreta do empresário esta semana", afirma.

    Sócio-Torcedor

    Em meio à crise financeira, ocasionada pela pandemia da Covid-19, os planos do Fast para arrecadar dinheiro passam pela reestruturação do programa de Sócio-Torcedor. Parado há um ano, o serviço que aproxima a torcida do clube deve ser lançado até o final de julho.

    De acordo com Dênis Albuquerque, o serviço terá quatro categorias, começando em R$25 e com valor máximo de R$100. Dentre as vantagens, estão a associação ao clube da AABB, desconto em uma rede de farmácias e, para quem adquirir o plano mais caro, uma camisa do Tricolor no ato do pagamento.

    "Todo o dinheiro arrecadado será investido no futebol, para ajudar a pagar contas. O Fast, graças a Deus, tem uma torcida grande e toda ajuda nesse momento é bem vinda. Ainda não sabemos quanto será a adesão porque a dificuldade é para todo mundo, mas os valores estão dentro da realidade. Estamos finalizando o contrato com a empresa que vai administrar e até o final do mês vai estar tudo alinhado", explica o presidente.

    Reforços

    Como o clube vai anunciar dois novos contratados por dia até a sexta-feira (26), deve chegar aos 15 reforços para a disputa da Série D. Além de Bernardo e Dênis Pedra, Dênis Albuquerque confirma também que mais jogadores que disputaram a temporada pelo Amazonas FC usarão a camisa tricolor no Brasileirão.

    Além dos dois, o clube anunciou também o lateral-direito Bernardo, ex-Nacional FC. Junto deles, a repatriação de jogadores como o zagueiro Guilherme Möler, os goleiros Rangel e Alencar e o lateral-esquerdo Ítalo - que disputaram a temporada pelo Fast.

    Na segunda-feira (22), o Rolo Compressor anunciou o retorno de Igor Oliveira ao clube, dessa vez como auxiliar técnico e analista de desempenho dos jogadores. Ele tem a missão de estudar dados como minutos jogados, nível de fadiga dos jogadores e coordenar números de cartões, análises individuais, entre outros.

    Ações sociais

    Com o futebol parado, muitos clubes e torcidas têm dado um show fora das quatro linhas com a realização de ações sociais. O Amazonas FC arrecadou 20 toneladas de alimentos, 10 mil máscaras de proteção individual e 500 mil litros de álcool em gel para doação. O Fast, por sua vez, mostra que não fica longe.

    Pela segunda vez, a Torcida Organizada União Tricolor organizou uma ação solidária responsável por distribuir mais de 200 lanches, máscaras e álcool em gel e equipamentos para proteção individual. As distribuições foram preferencialmente para idosos, mulheres e crianças. A diretoria destaca o apoio a ações de solidariedade, afirmando entender que "tais ações previnem a violência e humanizam ainda mais a imagem da torcida organizada". 

    Comentários