Fonte: OpenWeather

    Futebol


    Sete times irão disputar Série B do Amazonense

    Competição, que começa no dia 17 de outubro, terá participação de dois estreantes

    Representantes dos times se reuniram com a FAF
    Representantes dos times se reuniram com a FAF | Foto: Divulgação/FAF

    Manaus - O prazo de inscrições para a Série B do Campeonato Amazonense 2020 encerrou na última quarta-feira (26). Inicialmente, oito clubes demonstraram interesse, mas segundo a Federação Amazonense de Futebol (FAF), sete deles confirmaram suas inscrições para disputar a edição deste ano - que começa no dia 17 de outubro.

    Entre os clubes que irão competir pelo acesso à Série A, estão velhos conhecidos do torcedor amazonense. Rio Negro, Sul América, Tarumã, Clíper e CDC Manicoré, o qual consolidou uma parceria com o município de Novo Aripuanã, confirmaram presença no campeonato. 

    A Série B também terá a participação de dois times estreantes. São eles: Atlético Amazonense e JC Futebol Clube, do município de Itacoatiara. O único clube que tinha condições de disputar, mas que preferiu ficar de fora, foi o Holanda-AM.

    Formato da competição

    Na última quarta, os representantes dos times participaram de uma reunião arbitral - realizada na sede da FAF - para definir o formato da competição e a primeira rodada de jogos. Neste ano, o torneio terá início somente no dia 17 de outubro e será encerrado no dia 30 de novembro.

    Na primeira fase do campeonato, a fórmula de disputa será de turno único, ou seja, classificatório. Todos jogam contra todos e os quatro melhores garantem a classificação para a próxima fase. 

    Inicialmente, o Clíper encara o Atlético Amazonense. Já o Tarumã enfrenta o JC Futebol Clube. Por fim, o Rio Negro joga contra o CDC Manicoré. Segundo a FAF, o Sul América “fica de folga”. 

    Reta final

    As semifinais serão realizadas em jogos únicos, que terão algumas particularidades que podem facilitar ou não a classificação para a final. 

    Os times terão direito ao mando de campo, além da vantagem do empate para aqueles que tiverem melhores índices técnicos da fase anterior.

    A final também segue a premissa de jogo único, assim como vantagem, mando de campo e empate para a melhor equipe pelo índice técnico da primeira fase. Ao todo, serão 10 datas. 

    Protocolo de saúde e despesas 

    A reunião também serviu para definir as medidas de prevenção contra o novo coronavírus que serão tomadas para garantir o bem-estar dos atletas. Os times afirmaram que se prontificam a seguir o Protocolo de segurança definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Deste modo, os elencos serão submetidos a testes de detecção da Covid-19 antes de cada rodada. 

    Durante o encontro, os representantes dos clubes e da FAF fecharam um acordo para que as despesas com arbitragem, ambulância,  gandulas, maqueiros, delegado serão divididas pelas equipes em cada jogo. 

    A próxima reunião está marcada para o dia 10 de setembro, às 15h, na sede da FAF.

    Leia mais: 

    3B da Amazônia cede estrutura e elenco para o Iranduba

    Thiago Silva anuncia saída do Paris Saint-Germain

    Comentários