Fonte: OpenWeather

    Violência sexual


    Condenado por estupro, contratação de Robinho gera revolta nas redes

    Atacante foi condenado em 2017, na Itália, por "violência sexual em grupo"; anúncio da contratação no Santos desagradou internautas

    | Foto: divulgação

    Manaus - O Santos anunciou a contratação do atacante Robinho, neste sábado (11), e causou comentários sobre a imagem do time e do jogador. Fora de campo, Robinho enfrenta problemas judiciais.

    O jogador de 36 anos assinará um contrato válido até o final do Campeonato Brasileiro, ou seja, de cinco meses. O acerto prevê bônus de R$ 300 mil após dez partidas e mais R$ 300 mil depois de 15 jogos, cifra a ser paga ao fim do vínculo.

    Em 2017, o ex-jogador da seleção foi condenado, na Itália, por "violência sexual em grupo" a nove anos de prisão, e em 2009, quando atuava pelo Manchester City, foi acusado de violentar uma mulher dentro de uma boate de Leeds, na Inglaterra. O atacante foi absolvido pela Justiça inglesa dessa acusação.

    Ele nega ambas acusações, e a negociação com o Santos aconteceu normalmente. Apesar das reações negativas após o anúncio, o clube ainda não se manifestou a respeito.

    Nas redes sociais, o assunto foi comentado, e levantou questões sobre a mensagem que o time o jogador transmitem. 

    No entanto, o atacante Neymar, do PSG, comemorou o retorno de Robinho ao Santos. Nos stories do Instagram, o camisa 10 do PSG republicou uma foto do experiente jogador com o anúncio oficial do clube paulista. "Meu ídolo tá de volta" e "O bom filho a casa torna" foram frases escritas por Neymar em cima da publicação.

    Ele relevou os problemas judiciais que Robinho enfrenta fora dos gramados.


    Leia mais:

    Brasil enfrenta Bolívia com sistema ofensivo e alto nível, diz CBF

    Treze goleia Imperatriz e deixa zona de rebaixamento na Série C

    Comentários