Fonte: OpenWeather

    Olimpíadas


    Seiko Hashimoto é escolhida como nova chefe da Olimpíada

    Hashimoto enfrenta uma série de questões difíceis, como se encarregar de um dos maiores eventos esportivos do mundo

     

    Mori foi substituído após dizer que as mulheres falam demais
    Mori foi substituído após dizer que as mulheres falam demais | Foto: Yuchi Yamazaki-Reuters

    Após Yoshiro Mori, de 83 anos, deixar o cargo de presidente da Tóquio-2020 na semana passada, a japonesa Seiko Hashimoto, que participou de sete Olimpíadas, comunicou nesta quinta-feira (18) que foi escolhida como presidente do comitê organizador da Tóquio-2020.

    "Eu, Seiko Hashimoto, fui selecionada como chefe do comitê organizador da Olimpíada e da Paralimpíada de Tóquio", disse ela em uma reunião na qual foi escolhida como a nova chefe. "Como estou assumindo uma responsabilidade tão séria... sinto que preciso me preparar."

    Mori foi substituído após dizer que as mulheres falam demais. Hashimoto enfrenta uma série de questões difíceis, como se encarregar de um dos maiores eventos esportivos do mundo menos de meio ano antes de seu início e proteger atletas e autoridades do coronavírus.

    Os critérios para a nova liderança do comitê organizador incluíram uma compreensão profunda da igualdade de gênero e da diversidade, além da capacidade de praticar estes valores durante os Jogos, disseram organizadores.

    O evento deve começar no dia 23 de julho, apesar de diversas pesquisas de opinião terem mostrado que a maioria dos cidadãos é contra sua realização neste ano por causa da pandemia.

    Leia mais:

    Santos vence Corinthians na Vila Belmiro e ainda sonha com a Libertadores

    Vídeo: Bacas do Fast é comparado a Pelé 'fez o gol que ele não fez'

    Comentários