Fonte: OpenWeather

    Polêmica


    Araguacema (TO) anuncia contratação de goleiro Bruno e caso repercute

    No ano passado, Bruno vestiu a camisa do Rio Branco, do Acre, time pelo qual disputou a Série D do Campeonato Brasileiro

     

    O caso repercutiu de forma negativa nas redes sociais
    O caso repercutiu de forma negativa nas redes sociais | Foto: Reprodução

    O Araguacema, clube da 1ª divisão do Campeonato Tocantinense, anunciou a contratação do goleiro Bruno, acusado do assassinato da modelo Elisa Samúdio. A ex-modelo foi morta em junho de 2010, quando Bruno ainda jogava pelo Flamengo. 

    “É meu povo. Está chegando reforço na altura. Seja bem-vindo”, escreveu a equipe em publicação no Instagram. 

    No ano passado, Bruno vestiu a camisa do Rio Branco, do Acre, time pelo qual disputou a Série D do Campeonato Brasileiro, a Copa Verde e o Estadual. Ele fez 18 jogos e marcou um gol.

    O caso repercutiu de forma negativa nas redes sociais. "Se um pai de família rouba um pão para dar a seu filho, nunca mais arruma emprego em lugar nenhum, pois vai ser julgado como bandido. Mas um assassino aparece um monte de clubes querendo contratar. É um absurdo. Depois querem que o país dê certo. Lugar de assassino é prisão perpétua", opinou Fábio Manera. 

    Por outro lado, outros torcedores acreditam que não seja o momento de julgar, pois Bruno estaria cumprindo a pena do crime. 

    "O cara matou ou mandou matar até hoje não entendo. Cadê o cadáver? Segue o jogo", disse outro torcedor. 

    Leia mais:

    Policiamento na Vila Olímpica de Manaus será intensificado

    Manaus FC, Cliper, Amazonas e São Raimundo duelam nesta quarta (31)

    Comentários