Fonte: OpenWeather

    São Paulo na Libertadores


    Tricolor encara o Racing na Argentina, nesta quarta (5)

    O São Paulo está na primeira colocação do grupo E com seis pontos

     

    O confronto em Avellaneda marcará o primeiro confronto de Hernán Crespo pelo time são-paulino em seu país de origem
    O confronto em Avellaneda marcará o primeiro confronto de Hernán Crespo pelo time são-paulino em seu país de origem | Foto: Staff Images / CONMEBOL

    O São Paulo é um dos times brasileiros que disputa a taça da Libertadores 2021. O time entra em campo em terras argentinas sendo líder do Grupo E. 

    O tricolor paulista joga nesta quarta-feira (5), às 19h, contra o Racing, da Argentina, no Estádio Presidente Perón, em duelo válido pela terceira rodada.

    O São Paulo está na primeira colocação, com seis pontos, e é seguido justamente pelos argentinos, que detêm quatro pontos ganhos – Rentistas (URU) e Sporting Cristal (PER) completam a chave.

    A equipe brasileira entrará em campo em busca de um resultado positivo para tentar dar um importante passo em busca da classificação para as oitavas de final.

    O confronto em Avellaneda marcará o primeiro confronto de Hernán Crespo pelo time são-paulino em seu país de origem, assim como o meia Benitez, que defendeu o rival Independiente antes de chegar ao Brasil.

    Pela Comnebol Libertadores, este será o 30º jogo entre São Paulo e clubes argentinos. E o retrospecto mostra um equilíbrio diante dos argentinos pelo torneio: foram 12 vitórias, cinco empates e 12 derrotas até aqui, com 31 gols marcados e 30 sofridos.

    Hérnan homenageado pelo trabalho

    O vestiário do Morumbi recebeu uma nova 'decoração' na última quinta (29). O São Paulo pintou uma célebre frase utilizada pelo técnico Hernán Crespo em uma das paredes do espaço.

    A frase "Donde no llegan las pernas va a llegar el corazón" , que significa: "Aonde não chegam as pernas, vai chegar o coração"!, agora faz parte do espaço de convivência do elenco com a comissão técnica em dias de jogos.

    O Tricolor registrou a homenagem nas redes sociais. A pintura ficou pronta para a estreia de Crespo na Libertadores dirigindo a equipe, quando venceu o Rentistas (URU), por 2 a 0.

    Em setembro do ano passado, antes da partida contra o Delfín (EQU), Crespo usou essa frase para comentar a postura da equipe do Defensa y Justicia (ARG), cube em que comandava na época, diante das dificuldades enfrentadas na preparação para aquela partida.

    Leia mais:

    Jean Mota quer Santos "chutando no gol" na Libertadores

    São Paulo foca em jogos do Paulistão

    Comentários