Fonte: OpenWeather

    Natação do AM


    Amazonenses conquistam medalhas em Brasileiro de Natação Infantil

    Raylson Bruno arrematou a prata e Alice Monteiro conquistou uma medalha de prata e outra de bronze

     

    Os amazonenses são estreantes no Campeonato Brasileiro
    Os amazonenses são estreantes no Campeonato Brasileiro | Foto: Divulgação (Arquivo pessoal)

    Manaus (AM)- O fato de que o Amazonas é um verdadeiro celeiro de esportistas não é novidade para ninguém. O esporte começa a fazer campeões no início de carreira, ainda na infância. 

    Os nadadores amazonenses Raylson Bruno, de 14 anos , e Alice Monteiro, de 13, disputaram o Campeonato Brasileiro de Natação Infantil, que ocorreu de 22 a 24 de julho em Belo Horizonte (MG) e conquistaram três medalhas para o Amazonas.

      Raylson, na prova de 200 metros peito, arrematou a prata. Já Alice conseguiu duas medalhas nas provas de 100 e 200 metros costas, sendo uma prata e uma de bronze, respectivamente.  

    Os amazonenses são estreantes no Campeonato Brasileiro e estão felizes com os resultados. Para Raylson, que estava na expectativa desde o ano passado, a sensação foi muito boa e fruto de treinos intensivos.

    Ele completou a prova dos 200 metros peito com o tempo de 2’40, que garantiu a prata, mas também disputou os 100metros peito, no tempo de 1’13’00, que marca um novo recorde amazonense.

    "

    Eu pratico natação desde os sete anos de idade e esperava essa competição no ano passado, porém, com a questão da covid-19, não foi possível. Foi um sentimento incrível nessa conquista. Esse resultado veio por conta de muita dedicação e treino. Eu me esforcei bastante nos treinos e os bons resultados chegaram. Estou muito feliz "

    Raylson Bruno, nadador

     

    Para Alice que, além da prata e do bronze, também alcançou um novo recorde amazonense nos 100 metros costas com 1.11.00, o momento é de extrema importância para a sua carreira.

    "

    “Disputar o Campeonato Brasileiro foi muito importante para mim. Nossa equipe e eu treinamos bastante para chegarmos a esses resultados. As provas de 100 e 200 metros costas, são as minhas principais e estou muito feliz de ter representado nosso Estado e trazer essas duas medalhas para o Amazonas” "

    Alice Monteiro, nadadora

     

    Com esses expressivos resultados, a presidente da Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada), Claudia Nobre, destaca que esses atletas são o futuro da modalidade no Estado e que ainda terão grandes conquistas.

    “Primeiro eu quero parabenizar o Raylson e a Alice, o técnico Leandro Freire e o Instituto Pedro Nicolas por esses excelentes resultados. Sei que isso é reflexo de muito esforço e dedicação, o que nos orgulha bastante. Esses atletas são uma nova geração que surge no cenário local da natação esportiva e nós, da Fada, estamos à disposição para apoiar esses novos talentos no que for possível”, finaliza.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Natação: atletas do Brasil avançam para próxima fase das Olimpíadas

    Da tampa de isopor ao pódio olímpico: conheça a história de Ítalo Ferreira

    Comentários