Fonte: OpenWeather

    Famosos


    Brad Pitt ameaça processar 'Parada de Orgulho Hétero'

    O evento também foi criticado por Chris Evans, intérprete do Capitão América

    Brad pediu a retirada, com um prazo de 24 horas, de suas fotos como divulgação do evento
    Brad pediu a retirada, com um prazo de 24 horas, de suas fotos como divulgação do evento | Foto: Divulgação

    Brad Pitt não gostou de ter sua imagem associada a um grupo homofóbico. De acordo com o 'The Hollywood Reporter', os representantes do ator ameaçam processar os organizadores de uma "Parada de Orgulho Heterossexual" por usarem fotos e o nome do astro como símbolo do evento.

    Ainda segundo o portal, Brad Pitt pediu a retirada, com um prazo de 24 horas, de suas fotos como divulgação do evento, que acontece como uma “resposta” ao mês do Orgulho LGBTQ+, que acontece em junho, criada por um grupo de homens da cidade de Boston. 

    "Nós da comunidade heterossexual escolhemos Brad Pitt como o nosso mascote! Parabéns ao Sr. Pitt por ser o rosto deste importante movimento social. Direitos heterossexuais são os direitos humanos", diz um comunicado da Super Happy Fun America, que já foi retirado do ar por ordem do ator.

    O substituto de Pitt é um jornalista britânico que ficou conhecido por posições polêmicas de extrema direita. Demitiu-se da Breitbart News em fevereiro de 2017, depois de ter sido acusado de apologia à pedofilia.

    O evento também foi criticado por Chris Evans, intérprete do Capitão América, porque vai acontecer em sua cidade natal, Boston. O ator compartilhou um texto do escritor James Fell, que diz que ir numa "parada heterossexual" é a mesma coisa que se assumir "um homofóbico de m****".

    A "Parada de Orgulho Heterossexual" está marcada para acontecer no dia 10 de agosto e deve percorrer um trajeto semelhante ao da parada do orgulho LGBTQ+ de Boston.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Lady Gaga é apontada como pivô da separação de Bradley Cooper

    Mulher finge ser repórter e entrevista Neymar com microfone de Karaokê

    Comentários