Fonte: OpenWeather

    Motocicletas


    Motocicleta: maxitrail R 1250 GS da BMW será montada em Manaus

    A previsão de chegada para todas as motos é o último trimestre deste ano e os modelos serão montados na fábrica localizada na Zona Franca de Manaus, no Amazonas

    BMW R 1250 GS | Foto: Divulgação

    A BMW confirmou a chegada ao Brasil da nova maxitrail R 1250 GS, de sua versão Adventure, da F 850 GS Adventure e da superesportiva S 1000 RR. A previsão de chegada para todas as motos é o último trimestre deste ano e os modelos serão montados na fábrica localizada na Zona Franca de Manaus, no Amazonas.

    “A estratégia de ter a única fábrica exclusiva para produção de motocicletas do BMW Group fora da Alemanha será vital para nossos negócios no país nos próximos anos”, pondera Alejandro Echeagaray, Presidente da fábrica do BMW Group em Manaus. “A qualidade e agilidade de produção em nossa fábrica própria nos permite ter a melhor e mais rápida resposta do mercado”, comemora Echeagaray.

    Estratégia de crescimento

    A Triumph Motorcycles não disfarça o otimismo em relação a 2019. Tanto que já planeja diversas ações e estratégias para atingir um volume de vendas em torno de 4.800 motocicletas, o que representará um crescimento de 10% sobre o desempenho do ano passado, o que seria o melhor resultado da marca no mercado brasileiro desde a sua chegada ao país, em 2012.

    A marca pretende atingir uma participação de mercado dentro do seu segmento (motos acima de 500 cc) de, aproximadamente, 14% - um dos maiores da Triumph no mundo. A diversificação e a modernização da sua linha de motocicletas é uma estratégia importante que vem se repetindo desde sua chegada ao Brasil.

    E não será diferente em 2019. Já estão confirmados para este ano os lançamentos de, pelo menos, cinco novos modelos, todos no segmento de motocicletas clássicas: Bobber Black, Nova Street Twin, Nova Scrambler 900, Nova Scrambler 1200 e Speed Twin.

    “A Triumph continuará a ser referência no Brasil e no mundo no segmento de clássicas. Somos a montadora que mais lançou motos com esse perfil nos últimos anos”, afirma Waldyr Ferreira, General Manager da Triumph no Brasil.

    Triumph Bobber Black
    Triumph Bobber Black | Foto: Divulgação

    Além de novas motocicletas, a Triumph se prepara para apresentar ao consumidor brasileiro novas tecnologias, como um sistema de conectividade criado em uma parceria exclusiva com a Google, que estará disponível para todas as motocicletas equipadas com o painel de instrumentos TFT da marca.

    Em 2019, a rede de concessionárias ganhará pelo menos duas novas representantes neste ano em relação a 2018. Uma delas, em Várzea Grande (MT), começou a operar neste mês.

    A outra será em Fortaleza (CE), e a inauguração está prevista para ocorrer ainda no primeiro semestre. Será a segunda concessionária da empresa no Nordeste. Com isso, a Triumph passará a contar com 17 concessionárias espalhadas pelas principais cidades brasileiras.

    Elite dourada

    A Indian Motorcycle, a primeira empresa de motocicletas norte-americana, fundada em 1901, deixou de vender seus produtos no Brasil em junho do ano passado. Mas, nos Estados Unidos, a marca está a todo vapor. Acaba de anunciar sua mais recente motocicleta de turismo ultrapremium, a Roadmaster Elite 2019.

    A edição limitada da Roadmaster combina amenidades modernas de turismo com o icônico estilo Indian Motorcycle. A marca achou que o requinte da Roadmaster era pouco e resolveu lançar uma edição especial e limitada da moto, que vem com detalhes folheados a ouro de 24 quilates na pintura.

    De acordo com a Indian, o acabamento da versão Elite é meticuloso, feito a mão. O trabalho demora mais de 30 horas para ficar pronto em cada uma das 200 unidades produzidas. O sistema de som Power Band Audio System tem 600 watts de potência.

    O sistema conta ainda com equalizador dinâmico, que ajusta sozinho o volume e particularidades do áudio, levando em conta o vento, o barulho do motor e da estrada, para oferecer som de qualidade em qualquer circunstância.

    Indian Roadmaster Elite 2019
    Indian Roadmaster Elite 2019 | Foto: Divulgação

    A tela sensível ao toque de 7 polegadas dá acesso ao sistema de navegação, informações da moto e se conecta com outros dispositivos via Bluetooth. E incorpora também o Indian Motorcycle Ride Command, que permite acessar informações da moto remotamente e baixar rotas e planejamento para uma viagem no computador de bordo.

    O motor V2 Thunder Stroke 111 de 1.811 cm³ arrefecido a ar e óleo tem torque máximo de 16,4 kgfm aos 3 mil giros, mas a marca não declarou a potência máxima. “Nós realmente não deixamos nada de fora ao criar essa moto em termos de estilo e conforto que levam a experiência de pilotagem a um novo nível”, comemora Reid Wilson, diretor sênior da Indian Motorcycle. O preço da Indian Roadmaster Elite 2019 fica em US$ 37 mil (cerca de R$ 140 mil) nos Estados Unidos.

    Para arrumar a casa

    A Moto Honda da Amazônia pretende investir cerca de R$ 500 milhões na modernização de sua fábrica em Manaus até 2021. Com esses investimentos, a fabricante pretende se tornar referência em produtividade no Brasil e no mundo nos próximos três anos.

    A Honda quer reformular e reposicionar áreas espalhadas pela fábrica e reconstruí-las de uma forma logisticamente otimizada. Renovação de equipamentos, construção de novos prédios, reposicionamento de linhas produtivas e melhoria dos postos de trabalho estão entre as ações que serão implementadas na fábrica nos próximos três anos.

    A primeira área a ser transferida será a fundição, cujo novo galpão já está construído e tem 13.852 mil metros quadrados. A partir do segundo semestre, ocorrerá a transferência do processo de usinagem, também para um novo local, com 11.928 metros quadrados, que está em obras.

    Leia mais:

    Se surpreenda com a nova Honda CB Twistter 2019

    Veja os novos lançamentos da Yamaha neste mês

    Veja motos que estao bombando no mercado brasileiro e escolha a sua






    Comentários