Fonte: OpenWeather

    Mais por menos


    Com fábrica em Manaus, Dafra anuncia chegada da Apache RTR 200

    O preço não foi definido, mas especula-se que fique de R$ 11 mil a R$ 12 mil.

    | Foto: Divulgação

    A Apache RTR 200 desembarca nas concessionárias Dafra a partir de 16 de abril. A Apache RTR 200 é fruto da antiga parceria com a TVS Motor Company, terceira maior fabricante de motos da Índia. A nova geração do modelo foi atualizada com “facelift”, nova motorização, embreagem Slippery Clutch, injeção eletrônica e freios FH-CBS.

    Segundo a fabricante, a motocicleta traz um diferencial competitivo para animar os consumidores: sua cesta de peças é mais em conta do que as principais concorrentes do segmento street na faixa das 150cc.

    Ainda de acordo com a Dafra, com especificação comparável à de motocicletas de 250cc, a Apache terá o preço público sugerido de sua cesta de peças originais de R$ 1.041, enquanto as concorrentes top de linha, de cilindrada variando de 150cc a 250cc, têm preços de R$ 1.124 a R$ 1.623 – ou seja, chegam a ser mais de 60% mais caras que o do lançamento da Dafra.

    De acordo com Rogério Yared, gerente de pós-vendas da Dafra Motos, a montadora está empenhada em oferecer ao consumidor o melhor custo-benefício, e não há como não falar de pós-venda nesta hora. O preço não foi definido, mas especula-se que fique de R$ 11 mil a R$ 12 mil. 

    “A Apache apresenta pacote de peças de reposição com preços inferiores aos da concorrência de menor cilindrada, o que, somado ao posicionamento de preço da moto, a torna ainda mais atrativa para os motociclistas”, afirma. 

    Chamada geral

    Triumph do Brasil convoca para recall
    Triumph do Brasil convoca para recall | Foto: Divulgação

    A possibilidade de contato entre o cabo da embreagem e o chicote elétrico fez a Triumph do Brasil convocar os proprietários de 2.063 motocicletas para troca do suporte do chicote elétrico.

    Em virtude desse problema, a motocicleta poderá apresentar falha na iluminação do farol, no funcionamento de setas indicadoras e, em casos extremos, o motor poderá apagar subitamente, gerando riscos de colisão e danos ao piloto, garupa e a terceiros.

    Estão envolvidos no recall os modelos Bonneville T100 Black (2017), Street Scrambler (2017), Street Twin (2015), Street Twin (2017), Bonneville T120 (2016), Bonneville T120 Black (2016) e Street Cup (2016). Segundo a marca, o tempo gasto na execução do serviço é de 45 minutos.

    A Triumph fará campanha publicitária nacional em rádio, TV e jornais para informar aos seus clientes sobre as numerações dos chassis dos modelos envolvidos no recall. O Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da Triumph funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, pelo telefone 0800-7272025.

    Primeiro na internet

    Yamaha Ténéré 700
    Yamaha Ténéré 700 | Foto: Divulgação

    Já é possível encomendar online a novíssima Yamaha Ténéré 700 na Inglaterra. As primeiras unidades serão entregues aos clientes em julho de 2019, por um preço inicial de 8.399 libras (cerca de R$ 43 mil). O preço estará disponível até 31 de julho, quando o sistema de pedidos online fechará.

    Após o encerramento da campanha na internet, o modelo será vendido pelo preço normal de 8.699 – perto de R$ 45 mil. A moto, que enquanto protótipo era conhecida como T7, foi oficialmente apresentada no final do ano passado.

    Ela é movida pelo mesmo motor bicilíndrico de 689 cm³ da MT-07, que entrega 73 cavalos de potência máxima a 9 mil rotações e torque máximo de 6,93 kgfm a 6.500 giros. Não há informações sobre a vinda do modelo para o Brasil.

    Cheia de graça

    Triumph Motorcycles no 1º de abril
    Triumph Motorcycles no 1º de abril | Foto: Divulgação


    Todos os anos, alguns fabricantes de motos entram no ato de brincadeira de 1o de abril, o Dia da Mentira. A Triumph, com seu senso de humor tipicamente inglês, é uma especialista nessas “pegadinhas”.

    Na página da marca no Facebook, apareceu um post intitulado “Rocket Mode” – algo como “modo foguete” – acompanhado de uma foto de uma Rocket TFC cuspindo labaredas pelo escapamento, com a seguinte legenda: “A mais recente tecnologia híbrida da Triumph Motorcycles com motores a jato de mil hp agora disponíveis para a Rocket TFC”. 

    Segundo o post, a “novidade” estaria disponível somente em 1º de abril de 2019. Em anos anteriores, a Triumph apresentou na mesma data um “novo modelo” que substituía o guidão por um volante de carro.

    Leia mais: 

    Bem equipado T-Cross 200 TSI vai incomodar concorrência

    Sucesso no Brasil Onix vai virar marca para vender em outros países

    Chevrolet quer crescer entre os sedas médios com o cruze Black Bow Tie



    Comentários