Fonte: OpenWeather

    Leve em alta


    Mercedes-Benz dispara na venda de caminhões leves no Brasil

    No acumulado de janeiro a março, emplacou 887 unidades, que se refletem em 34% de participação de mercado no segmento.

    | Foto: Divulgação

    A Mercedes-Benz foi a marca que mais vendeu caminhões leves no Brasil no primeiro trimestre de 2019. No acumulado de janeiro a março, emplacou 887 unidades, que se refletem em 34% de participação de mercado no segmento. Um aumento de quatro pontos percentuais em relação aos 30% do mesmo período de 2018, quando foram emplacadas 844 unidades.

    “O Accelo 1016, com 491 unidades, é o nosso leve mais vendido no país no primeiro trimestre. Já o Accelo 815 teve 359 unidades emplacadas. Ambos se posicionaram entre os seis modelos mais vendidos pela marca este ano considerando todo o nosso portfólio”, contabiliza Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil.

    A região Sudeste foi a que mais adquiriu o Accelo nos três primeiros meses de 2019, com 390 unidades. Em seguida, vieram o Sul, com 220 unidades, e o Nordeste, com 195.

    “Transporte de bebidas, hortifrutigranjeiros, distribuição urbana e comércio eletrônico vêm puxando as vendas de caminhões leves no país. No entanto, a versatilidade do Accelo nos segmentos de leves e médios torna esses modelo indicado para outras aplicações, como carga seca, baú frigorífico, isotérmico e de alumínio, plataforma de autossocorro e muito mais”, comemora Ari de Carvalho.

    No padrão paulistano

    Ônibus Neobus New Mega
    Ônibus Neobus New Mega | Foto: Divulgação

    Para ampliar a sua participação no competitivo segmento de transporte coletivo urbano da cidade de São Paulo, a encarroçadora gaúcha Neobus acaba de desenvolver e homologar um novo modelo de ônibus, o New Mega de 15 toneladas no padrão SPTrans.

    A primeira unidade foi fornecida à Transunião Transportes e já está em operação. O New Mega 15 toneladas é montado sobre o chassi Volkswagen 15.190 OD com as características exigidas pela SPTrans, específicas para o mercado paulistano.

    Tem 9,75 metros de comprimento, elevador, três portas e capacidade para 25 passageiros sentados mais uma pessoa portadora de deficiência. Tem poltronas estofadas com encosto alto, sistema de ar-condicionado, vidros colados, tomadas USB em todas as poltronas, display interno para controle de velocidade e catraca sem posto de cobrador.

    O lançamento do novo New Mega 15 toneladas acontece pouco depois de a marca apresentar o primeiro ônibus urbano New Mega na versão de 17 toneladas de PBT, também para o sistema de transporte da capital paulista. “O desenvolvimento desses dois modelos demonstra o nosso compromisso com a inovação”, pondera João Paulo Ledur, diretor da Neobus.

    Para dentro e para fora

    Caminhão Volkswagen Delivery
    Caminhão Volkswagen Delivery | Foto: Divulgação


    A nova família Delivery acaba de superar 15 mil unidades fabricadas no complexo industrial da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende, no Sul do Estado do Rio de Janeiro O marco foi alcançado pouco mais de um ano desde o início das vendas de seus primeiros modelos. 

    Com uma gama de 3,5 até 13 toneladas, os caminhões Delivery avançaram 60% em vendas no primeiro bimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2018, um salto de 1.125 para 1.797 unidades neste início de ano.

    “A linha de produtos combinou a receita de sucesso da primeira família Delivery e da experiência dos clientes das mais de 100 mil unidades produzidas. Ouvimos as necessidades dos clientes e também o que eles esperam sobre a mobilidade do futuro”, celebra Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

    A linha Delivery também faz sucesso na América Latina: o Delivery 9.170 e o 11.180 lideraram os embarques da Volkswagen aos seus principais destinos em 2018, com vendas no México, Argentina, Chile, Uruguai e, mais recentemente, Peru, Paraguai e Colômbia.

    Caiu na rede

    A Scania do Brasil anunciou o início da comercialização de peças originais da marca na internet. A fabricante sueca é a primeira da indústria de veículos comerciais (caminhões, ônibus e motores industriais, marítimos e para grupos geradores) a ter uma loja oficial no Mercado Livre. O cliente pode encontrar as ofertas pelo portal www.scaniaofertas.com.br ou diretamente no site do Mercado Livre: loja.mercadolivre.com.br/Scania.

    “Iniciamos uma nova era para a comercialização de peças. O comércio eletrônico abre mais um canal de contato com os clientes, pois traremos nossa rede ainda mais próxima deles. O parcelamento em até 12 vezes é um grande atrativo. A rede de concessionárias será fundamental nesse processo, pois cuidará da operacionalização da venda. Estamos abrindo novas oportunidades com potenciais clientes, especialmente de veículos mais antigos”, afirma Fábio Souza, diretor de Serviços da Scania no Brasil.

    Os pedidos poderão ser feitos de qualquer região do país e os processos de escolha do item e de compra são muito amigáveis e ágeis. Para maior comodidade ou ganho de tempo, há opção de entrega no endereço do cliente ou retirada na concessionária.

    Leia mais: 

    Do exército para os civis Volkswagen lança caminhão exclusivo

    Mercedes-Benz amplia domínio no mercado brasileiro de ônibus

    Chevrolet quer crescer entre os sedas médios com o cruze black bow tie




    Comentários