Fonte: OpenWeather

    Potência


    Honda segue na liderança isolada na venda de motos no Brasil

    No acumulado de janeiro a julho deste ano, foram emplacadas 620.220 motocicletas, 16,34% superior às 533.127 vendas dos sete primeiros meses de 2018. Entre as marcas, a liderança isolada continua com a Honda, com 79,10% de participação de mercado

     

     A marca japonesa  Yamaha, aparece com 13,89% nas vendas
    A marca japonesa Yamaha, aparece com 13,89% nas vendas | Foto: Divulgação

    No acumulado de janeiro a julho deste ano, foram emplacadas 620.220 motocicletas, 16,34% superior às 533.127 vendas dos sete primeiros meses de 2018. Entre as marcas, a liderança isolada continua com a Honda, com 79,10% de participação de mercado no ano, seguida de longe pela também japonesa Yamaha, com 13,89%, e mais de distante ainda pela chinesa Haojue, com 1,21%.

    Os 5% restantes do mercado são partilhados por outras dezoito marcas. Entre os modelos, o amplo domínio da Honda no mercado brasileiro se reproduz. O primeiro lugar continua com a líder de sempre, a Honda CG 160, com 176.851 emplacamentos. Ou seja, uma a cada três motos vendidas no país são a CG 160.

    Do segundo ao sexto lugares no ranking estão outras Honda: Biz, com 92.101 emplacamentos, NXR 160, com 68.700, Pop, com 59.002, CB250F Twister, com 20.370 e PCX 150, com 18.259.

    Na sequência, praticamente coladas, duas Yamaha aparecem na sétima e oitava posição - XTZ150, com 14.220 emplacamentos, e Fazer 250, com 14.150.

    E o “Top Ten” das motocicletas no Brasil é completado pela Honda XRE 300, com 13.493 emplacamentos, e pela Yamaha YBR 150, com 12.866. 


    Comentários