Fonte: OpenWeather

    Carro


    Não tem CNH? Você pode dirigir carro elétrico sem habilitação; confira

    O minicarro elétrico Citroën Ami pode ser dirigido sem habilitação e oferece baixo-custo de manutenção

    A explicação para isso é que o Ami é considerado um quadriciclo, tipo de veículo que na Europa tem regras de utilização menos rígidas que um carro comum | Foto: Divulgação

     A Citroën revelou o Ami, um minicarro elétrico capaz de levar até dois ocupantes e que na França pode ser dirigido por pessoas a partir de 14 anos e sem carteira de habilitação. A apresentação para o público acontece no Salão de Genebra (Suíça), em março. Com velocidade máxima de 45 km/h, veículo é ideal para pequenos deslocamentos dentro das cidades.

    A explicação para isso é que o Ami é considerado um quadriciclo, tipo de veículo que na Europa tem regras de utilização menos rígidas que um carro comum. Com 2,41 m de comprimento, 1,39 m de largura e 1,52 m de altura e autonomia de 70 km.

    O carro oferece “mobilidade 100% elétrica para todos”, a Citroën está lançando na Europa o Ami, um veículo elétrico urbano compacto e de baixo custo.

    Segundo a Citroën, a recarga completa da bateria pode ser feita em três horas em qualquer tomada de 220 volts, sem necessidade de um carregador especial. O interior do veículo é fechado e aquecido, e segundo a fabricante “muito iluminado e confortável”. A aparência pode ser customizada com pacotes de acessórios para mudar a cor do carro.

    Além da opção de compra (por 6.000 euros, ou cerca de R$ 29.500), será possível alugar o Ami por meio do serviço Free2Move, por um custo de 0,26 euros (R$ 1,28) por minuto, ou fazer um plano de locação de longo prazo, que irá sair por 19,99 euros (R$ 98) por mês

    O Citroën Ami poderá ser comprado totalmente online, como entrega na casa do comprador, e também estará disponível em lojas como a Fnac e Darty. A montadora começará a aceitar pedidos em 30 de março, com previsão de entrega das primeiras unidades na França em junho.

    Comentários