Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Sintomas, transmissão e tratamento: tire dúvidas sobre o Coronavírus

    Muitas pessoas estão com dúvidas sobre o Coronavírus, que começou na China e agora já está em várias partes do mundo, incluindo o Brasil

    O Coronavírus é um dos assuntos mais procurado no Google
    O Coronavírus é um dos assuntos mais procurado no Google | Foto: Reprodução

    Manaus - O mundo está em alerta por causa do Coronavírus. Diariamente novas informações sobre o surto chegam até aos brasileiros. O medo de uma epidemia na América do Sul é evidente, mas muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o assunto mais comentado na saúde mundial. 

    O que é?

    A primeira coisa a saber é do que se trata. Pouco se sabe sobre o 2019-nCoV, como é conhecido o novo coronavírus, o que se sabe, até então, é que esse é o sétimo tipo. É importante lembrar que esse tipo de vírus é conhecido desde 1960. O vírus se propaga pelo ar, de humano para humano. 

    De onde vem?

    O primeiro alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS) foi emitido em dezembro de 2019, depois que autoridades notificaram casos de pneumonia em Wuhan, sétima maior cidade da China. A suspeita é que o vírus tenha origem no consumo de serpentes e morcegos, comidas típicas da culinária da região, mas ao detectarem mais casos, descobriu-se que a transmissão poderia ocorrer também de uma pessoa para outra. O que foi descoberto sobre o vírus é que para cada pessoa infectada há outras três com riscos iminentes de saúde.

    Segundo o Boletim epidemiológico da Secretaria de Vigilância e Saúde, até 27 de janeiro de 2020, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), foram confirmados 2.798 casos do novo coronavírus no mundo. Destes, 2.761 (98,7%) foram notificados pela China, incluindo as regiões administrativas especiais de Hong Kong (8 casos confirmados), Macau (5 casos confirmados) e Taipei (4 casos confirmados).

    O período de incubação do vírus no corpo humano sem demonstrar sintomas é de 2 a 14 dias
    O período de incubação do vírus no corpo humano sem demonstrar sintomas é de 2 a 14 dias | Foto: Reprodução

    Quais os sintomas?

    O período de encubação é de pelo menos 14 dias, nesse período pode ter ou não a presença dos sintomas característicos do surto respiratório. Os principais sintomas do novo Coronavírus são principalmente nas vias respiratórias, semelhantes a um resfriado, como febre, tosse e dificuldade para respirar. Além disso, pode causar infecção no trato respiratório, originando pneumonias.

    Em casos de síndromes respiratórias mais graves pode acontecer insuficiência renal e até a morte, como os casos que estamos acompanhando ao redor do globo.

    Quantas pessoas afetadas?

    O surto já contabiliza mais de 130 mortos e mais de seis mil pessoas infectadas em diversos países do mundo. No Brasil, há pelo menos nove casos suspeitos de contaminação pelo vírus no Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Paraná e Ceará. Até o momento não há confirmação de contaminados no país ou em países próximos.

    Autoridades de saúde de todos os países tentam evitar uma epidemia global
    Autoridades de saúde de todos os países tentam evitar uma epidemia global | Foto: Divulgação

    Método de tratamento

    As cidades da China estão em quarentena para que o surto não se propague e cause mais vítimas, pois ainda não há tratamento específico para as infecções causadas. Os hospitais buscam medicamentos antivirais para combater os sintomas. Todos estão baseados nos casos antigos de Coronavírus em 2012. 

    O tratamento é primordial pois cerca de 97% dos casos antigos de coronavírus sobreviveram. O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos como lavar as mãos frequentemente com água e sabão por 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool. Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

    Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente. Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo. Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

    Comentários