Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Vitamina D pode ajudar a prevenir contágio pelo coronavírus?

    A deficiência da substância pode afetar a imunidade, pois ela desempenha um papel de imunomodulação

    Um estudo da Universidade de Turim, na Itália, revelou que o nutriente pode ajudar no tratamento e até na prevenção da COVID-19
    Um estudo da Universidade de Turim, na Itália, revelou que o nutriente pode ajudar no tratamento e até na prevenção da COVID-19 | Foto: Divulgação

    Diversos estudos científicos ao longo do tempo já revelaram que a vitamina D oferece proteção contra doenças respiratórias e fortalece o sistema imunológico. Portanto, ter níveis saudáveis do nutriente no corpo é importante.

    Uma revisão recente com mais de 11 mil pessoas de vários países mostrou que a suplementação com o nutriente diminui o risco de infecções respiratórias agudas tanto naqueles com deficiência da vitamina quanto naqueles com níveis adequados.

    E, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a deficiência da substância pode afetar a imunidade, pois ela desempenha um papel de imunomodulação, aumentando as defesas das mucosas.

    Vitamina D e coronavírus

    Recentemente, vem sendo divulgado um estudo da Universidade de Turim, na Itália, revelou que o nutriente pode ajudar no tratamento e até na prevenção da COVID-19, por meio da análise do nível da vitamina em pacientes afetados.

    Entretanto, segundo o Ministério da Saúde brasileiro, ainda não há comprovação dos efeitos da vitamina na prevenção do vírus. "Até o momento, não há nenhum medicamento específico ou vacina que possa prevenir a infecção pelo novo coronavírus", explica o órgão.

    Apesar dos suplementos de vitamina D também já terem demonstrado reduzir a mortalidade em adultos mais velhos, a Sociedade Brasileira de Infectologia também negou evidências de que a substância auxilia em algo quando se trata do novo coronavírus.

    *Com informações da assessoria

    Coronavirus
    Comentários