Fonte: OpenWeather

    Marinha


    Operação Parintins: Marinha fiscaliza embarcações com destino à ilha

    A operação vai acontecer até o dia 4 de julho. Até o momento nenhuma embarcação foi flagrada por excesso de passageiros

    A fiscalização está concentrada em três pontos | Foto: Marcely Gomes

    Manaus - Para garantir a segurança dos brincastes que estão indo para o 54º Festival Folclórico Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). A Marinha do Brasil, por meio do 9º Distrito Naval, está realizando a "Operação Parintins 2019", nos rios do Amazonas.

    O objetivo é fiscalizar embarcações que estejam com a documentação irregular, passageiros além do permitido e o transporte de crianças e adolescentes menores de 16 anos, sem autorização dos pais ou responsáveis legais. 

    De acordo com o comandante do 9º Distrito Naval, Alexandre Veras, a ação visa garantir a segurança do tráfego aquaviário e dos viajantes com destino à ilha.

    Comandante do 9º Distrito Naval, Alexandre Veras.
    Comandante do 9º Distrito Naval, Alexandre Veras. | Foto: Marcely Gomes

    “Estamos com três postos de fiscalização. Uma no encontro das águas, outra em Itacoatiara e em Parintins, fazendo a contagem de passageiros e fiscalizando a documentação dos barcos”, destacou. 

    A Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), juntamente com o Conselho Tutelar da Zona Rural, também estão participando da Operação. 

    A secretária da Semasc, Conceição Sampaio, informou que prefeitura está atuando diariamente na luta contra exploração humana. “Vale ressaltar que o trabalho da Prefeitura de Manaus para o Festival de Parintins começou desde o início do ano. Foram realizadas várias campanhas de consciencização da explosão humana”, explicou. 

    A operação vai acontecer até o dia 4 de julho
    A operação vai acontecer até o dia 4 de julho | Foto: Marcely Gomes

    Conceição disse, ainda, que é muito importante alertar a população sobre a exploração, não somente no período do Festival, mas em toda a época do ano. 

    “É claro que esse período é importante, mas precisamos trazer a tona o tráfico de pessoas que é uma pauta que quase não se fala. Isso é algo que estamos de olho, já que se trata de um dos maiores comércios ilegais do mundo”, destacou Conceição Sampaio. 

    De acordo com o conselheiro tutelar da Zona Rural de Manaus, Manuel Júnior, neste período de festa há uma grande quantidade de adolescentes viajando sem autorização dos pais ou responsáveis.

    Até o momento nenhuma embarcação foi flagrada por excesso de passageiros
    Até o momento nenhuma embarcação foi flagrada por excesso de passageiros | Foto: Marcely Gomes

    “O Artigo 86 afirma que nenhuma criança ou adolescente abaixo de 16 anos pode viajar sem autorização. Nós estamos fiscalizando e se durante a fiscalização encontrarmos tal irregularidade, vamos retirar do barco, acionar a Semasc para que sejam localizados os pais ou responsáveis” garantiu. 

    A operação vai acontecer até o dia 4 de julho. Até o momento nenhuma embarcação foi flagrada por excesso de passageiros.

    O Festival Folclórico de Parintins, concentra o maior número de embarcações de passageiros e de esporte e recreio no Rio Amazonas. As embarcações que trafegarem pelo Rio Amazonas, no trecho Manaus (AM) - Juruti (PA), neste período, serão fiscalizadas nos postos estruturados pela Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC).

    Comentários