Fonte: OpenWeather

    Astronomia


    Saiba mais sobre plutão: o planeta mais distante do sol

    Saiba mais: Plutão é o nono planeta do sistema solar e recebeu esse nome em honra ao deus romano do submundo. Foi descoberto pelo astrônomo americano Clyde Tombaugh em 1930.

    Plutão está situado a 6 bilhões de Km do sol
    Plutão está situado a 6 bilhões de Km do sol | Foto: Reprodução

    Plutão é o nono planeta do sistema solar e recebeu esse nome em honra ao deus romano do submundo. Foi descoberto pelo astrônomo americano Clyde Tombaugh em 1930.

    Está situado em média 6 bilhões de km do Sol. Gira em torno do Sol (translação) num período de 248 anos terrestres e em torno do próprio eixo em 6 dias terrestres, 9 horas e 17 minutos.

    Em 2006, Plutão foi reclassificado para Planeta Anão pela União Astronômica Internacional por não atender aos critérios para classifica-lo como planeta.

    Para que seja considerado um planeta, segundo cerca de 2.500 cientistas da União Astronômica, o corpo celeste deve: assumir a forma arredondada; ter gravidade própria a partir de sua volumosa massa; orbitar em torno de uma estrela; ser dominante na órbita.

    Vale notar que a rotação de Plutão é retrógrada, girando de leste a oeste, como ocorre com Urano e Vênus.

    Plutão se assemelha a um cometa, uma vez que sua frágil atmosfera se dilata quando está mais próximo do Sol (periélio) e se contrai quando se afasta (Afélio).

     O planeta anão possui por um núcleo rochoso sobre um manto de gelo e metano congelados. A temperatura média estimada é de 229º C negativos e varia entre 240° C negativos e 218° C negativos, por isso, é conhecido também como Anão Gelado.

    Tem um diâmetro de cerca de 2.306 km, com um volume de 6,39 x 109 km³.

    Ele está localizado numa zona do espaço denominada Cinturão de Kuiper. O local é preenchido por milhares de corpos celestes congelados em miniatura e denominados de "objetos transnetunianos".

    Algumas vezes, Plutão chega a cruzar com a órbita de Netuno. A sua órbita é bastante elíptica e chega a aproximar-se do Sol mais que Netuno. Quando está próximo ao Sol, a superfície gelada derrete temporariamente.

    Embora cientistas acreditem na existência um oceano escondido sob a superfície de Plutão, a vida como a conhecemos não seria suportada no planeta.

    Plutão tem 5 luas e a mais conhecida é Caronte, descoberta em 1978. É quase tão grande quanto Plutão e demora seis dias terrestres para completar o movimento de rotação.

    As luas Nix e Hidra foram descobertas pelo telescópio espacial Hubble em 2005 e Cérbero e Estige por observações diretas de astrônomos em 2013.

    Leia mais:

    A visão sobre a ética na política amazonense

    Saiba mais sobre os planetas mercúrio e vênus

    Sol: a estrela do nosso sistema solar

    Comentários