Fonte: OpenWeather

    Graduação


    Zé Ricardo defende suspensão do pagamento das mensalidades do FIES

    Na contramão do ministro da Economia, Paulo Guedes, o deputado federal Zé Ricardo (PT-AM) é a favor da suspensão do pagamento de mensalidades do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) em 2021

    Escrito por Em Tempo* no dia 19 de maio de 2021 - 17:56

     

    Guedes chamou de “um desastre” o projeto de lei de autoria do senador Jayme Campos (DEM-MT)
    Guedes chamou de “um desastre” o projeto de lei de autoria do senador Jayme Campos (DEM-MT) | Foto: Divulgação

    Zé Ricardo defende suspensão do pagamento das mensalidades do FIES  

    Na contramão do ministro da Economia, Paulo Guedes, o deputado federal Zé Ricardo (PT-AM) é a favor da suspensão do pagamento de mensalidades do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (FIES) em 2021.

    Guedes chamou de “um desastre” o projeto de lei de autoria do senador Jayme Campos (DEM-MT) que, na prática, prorroga o prazo de suspensão do pagamento do Fies. No ano passado, após aprovação do Congresso, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a interrupção dos pagamentos das mensalidades até o fim de 2020. 

    Para Zé Ricardo, é mais do que justa a suspensão da obrigatoriedade de pagamentos relativos a financiamentos do Fies até 31 de dezembro de 2021 para todos os estudantes, e até 2023 para aqueles que não possuam vínculo de trabalho formal.


    Mobilidade urbana

    Na última sexta-feira, o diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Paulo Henrique Martins, foi à Comissão de Transportes, Mobilidade Urbana e Acessibilidade da Câmara Municipal de Manaus (CMM) apresentar o planejamento da gestão David Almeida para a mobilidade na capital nos próximos anos.

    De acordo com Paulo Henrique, ao contrário de muitas capitais, Manaus foi um raro exemplo de cidade que conseguiu manter 97% do sistema de transporte funcionando plenamente durante a pandemia da Covid-19. 

    Do planejamento apresentado a CMM constam medidas importantes como a eliminação de estacionamentos, adoção de mão única, implantação de semáforos inteligentes, além de obras de infraestrutura como alargamento de vias, novas ruas e obras de desníveis, incluindo viadutos, trincheiras e túneis. Também está prevista a criação do corredor “Eixo Norte-Sul” que ligará a Avenida Max Teixeira, na Zona Norte, à Avenida Brasil, na Zona Oeste.

    Quanto ao transporte coletivo, a Prefeitura pretende reformular as linhas de ônibus, melhorar os corredores exclusivos, modernizar os pontos de paradas e dos próprios ônibus, assim como criar um novo conceito tarifário.

    Sem dúvida, com essas medidas avançando, a administração David Almeida dotará a cidade de uma grande estrutura de mobilidade que tornará mais ágil e organizado o trânsito, humanizando mais a cidade para o dia a dia da sua população. 

    Juro zero a estudantes

    O Fies oferece vagas com juro zero para estudantes com renda mensal familiar de um a três salários mínimos e com juros variáveis para alunos com renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

    Segundo Zé Ricardo, em 2014, 732 mil estudantes ingressaram no ensino superior por meio do Fies, mas em 2021 estão sendo ofertadas apenas 93 mil vagas, menor número em 11 anos.

    Vacinação em massa

    Para o deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), só a vacinação em massa dará segurança e tranquilidade para o arrefecimento da pandemia da Covid-19 no Amazonas.

    Para tanto, Governo do Estado e Prefeitura de Manaus precisam se unir nas ações de impulsionamento do programa de imunização da população.

    Em discurso na Assembleia Legislativa, o parlamentar enfatizou a importância da vacinação de grupos prioritários e destacou a imunização dos professores, já incluída no PNI (Programa Nacional de Imunização) graças a decisão da juíza federal Jaiza Fraxe. 

    Exploração sexual

    A Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), comemorou ontem o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes alertando pais e responsáveis quanto aos sinais de qualquer indício de crime.

    Em 2020, os casos de exploração sexual fizeram 44 crianças e adolescentes vítimas, em Manaus, conforme dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). 

    Quase 90% das vítimas foram meninas na fase da adolescência. Este ano, até abril, o crime já fez 14 vítimas na capital do Amazonas, 13 delas meninas.

    Ruiz alerta

    Na Aleam, a deputada professora Therezinha Ruiz (PSDB) alertou para a necessidade de se fortalecer a rede de proteção dos direitos da infância e da juventude. 

    Ela apresentou dados de uma enquete realizada por técnicos da Comissão de Educação que confirmam a triste realidade de abusos que ocorrem com frequência dentro do próprio ambiente familiar.

    Segundo a pesquisa, das 622 pessoas entrevistadas 48,7%  confirmaram a ocorrência de agressão sexual a crianças e adolescentes e 51,1%, disseram não ter conhecimento.

     “Corubão” complicado

    Corre o prazo de 20 dias para que o prefeito de São Gabriel da Cachoeira Clóvis Moreira Saldanha (PT), “Clóvis Curubão”, explique ao Ministério Público do Amazonas (MPAM) como indenizou a si próprio com R$ 60 mil.

    No último dia 13, o MPAM abriu um Procedimento Preparatório sobre o caso.

    Reitores aguardam

    Reitores de universidades federais do país inteiro não se empolgaram com a liberação, por parte do Ministério da Economia, de R$ 2,59 bilhões do orçamento das universidades que estava “bloqueado” para uso. 

    Os recursos fazem parte do orçamento discricionário, voltado a despesas de custeio, como o pagamento de pesquisadores (bolsas) e auxílio para estudantes carentes.

    Crise continua

    Os reitores garantem que as universidades ainda precisam de outro R$ 1 bilhão para ao menos equiparar o orçamento de 2020 e garantir o fechamento das contas.

    No Amazonas, o reitor da UFAM, Sylvio Puga, confirma que a instituição enfrenta atualmente a sua pior crise financeira.   

    Semana dos Museus

    Em comemoração ao Dia Internacional dos Museus, celebrado em 18 de maio, a Prefeitura de Manaus promove até o próximo dia 23, em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), a 19ª edição da Semana Nacional de Museus com o tema  “O futuro dos museus: recuperar e reimaginar”.

    A transmissão acontece pelas redes sociais do Manauscult (Instagram, @manauscult) e pelo canal  Manauscult, no YouTube. 

    A temporada cultural tem como propósito mobilizar os museus brasileiros a partir de um esforço de concentração de suas programações em torno de um mesmo tema.

    Memórias de FHC

    Em seu livro de memórias, “Um Intelectual na Política”, o sociólogo e ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso analisa o impacto da formação acadêmica em sua carreira política e afirma que o Brasil se acomodou diante da pobreza e da desigualdade.

    No livro, lançado na sexta-feira (14), FHC diz não acreditar em avanços sociais sem luta por parte dos excluídos e sustenta que Jair Bolsonaro não tem o propósito de instalar uma ditadura no país.

    750 mil mortes

    Estudo da Universidade de Washington prevê a terceira onda da Covid-19 no Brasil com a possibilidade de mais de 750 mil mortes até o fim de agosto se o ritmo de imunização não melhorar, mesmo com queda na média móvel de óbitos.

    Além de aceleração da vacinação, epidemiologistas pedem manutenção de isolamento e uso de máscaras. Para evitar a nova onda, o país terá que vacinar 1,5 milhão de pessoas ao dia, diz Ethel Maciel, professora da UFES e doutora pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

    O pior cenário

    Com a variante P.1 de Manaus se espalhando sem controle e os vacinados abandonando o uso de máscaras, a previsão do Instituto de Métricas, ligado à universidade norte-americana, é de que o Brasil volte ao patamar de 3.300 mortes diárias até 21 de julho e registre 941 mil mortes em 21 setembro.

    Os dados do Instituto são usados em avaliações da pandemia pela Casa Branca e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

     “Quem estará vivo” ?

    João Carlos Brega, presidente da Whirlpool na América Latina, a maior fabricante de geladeiras, fogões e lavadoras no Brasil, diz que apesar da pandemia, as vendas estão em alta, mas ressalta que o momento continua sombrio em razão da morte diária de 2 mil pessoas no país por causa da Covid-19.

    Membro do movimento Unidos pela Vacina, ele não vê a CPI da Pandemia como saída rápida para o fim da crise sanitária atual, o que só poderá ser obtido com a vacinação em massa. “Que a economia vai se recuperar, eu não tenho dúvida. A questão é quando e quem estará vivo até lá”, disse ao jornal O Estado de São Paulo.

    Livre de Impostos

    No dia 27 de maio, às 18h30, a Uninorte (Centro Universitário do Norte) realizará o evento virtual “Reforma Tributária e seus impactos na retomada da economia”. 

    A atividade faz parte da programação do Dia Livre de Impostos cujo objetivo é conscientizar a população sobre as cargas tributárias pagas pelos brasileiros. Para participar, basta se inscrever gratuitamente no link http://bit.ly/DLIUNN.

    Leia Mais:

    O que é emancipação de menor e quais suas vantagens?

    Espaços onde brinquei em Manaus: amigos e memórias

    O desmonte da ciência e o corte de recursos das universidades federais

    Articulistas

    Comentários