Fonte: OpenWeather

    EMPREGO


    Você sabe quais os seus pontos fortes ou fracos na hora da entrevista?

    Veja no artigo de opinião um norte de como se posicionar sobre os seus pontos fortes e fracos, que são fatores eliminatórios na entrevista de emprego

    Na entrevista de emprego, as qualidades e os defeitos são muitas vezes questionadas pelos recrutadores
    Na entrevista de emprego, as qualidades e os defeitos são muitas vezes questionadas pelos recrutadores | Foto: Divulgação

    Olá leitores, tudo bem? Hoje vamos dar um norte para você se posicionar sobre os seus pontos fortes e fracos, que são fatores eliminatórios na entrevista de emprego. Acompanhe a dica de hoje e boa sorte.

    Na entrevista de emprego, as qualidades e os defeitos são, muitas vezes, questionadas pelos recrutadores. Para saberem mais sobre um candidato numa entrevista de emprego, quase sempre os recrutadores pedem ao candidato para enumerar aspetos positivos e negativos. Há truques para falar a favor dos pontos fortes e fracos sem que você seja eliminado do processo seletivo já nessa fase.

    Dica 1 – Autoconhecimento é tudo

    Autoconhecimento significa estar consciente de quem você é na essência. Descobrir no mais profundo e verdadeiro. Quais são suas características principais que fazem você agir da forma que age ou ser quem você é.

    Ao falar de autoconhecimento, é indispensável falarmos também de “consciência”. A consciência é o que faz o ser humano observar e interagir com tudo o que existe dentro e fora de si. A partir da consciência, é possível tirar suas conclusões próprias e verdadeiras do que é melhor e pior para sua vida. O ideal é não se deixar influenciar por sentimentos negativos, como o medo, a raiva, o orgulho ou qualquer um que possa prejudicá-lo

    Dica 2 – Ponto forte

    Nem sempre falar dos aspetos positivos traz resultados positivos ao candidato. Em alguns casos, pode ser considerado excessivo. Desta forma, a abordagem deve ser feita de forma racional e moderada.

    Por norma, os recrutadores valorizam os candidatos que numa entrevista de emprego destacam como pontos fortes características que os distingam dos restantes a nível profissional. A responsabilidade, a persistência, a proatividade, o domínio de uma língua estrangeira menos comum.

    Mas como devo dizer?

    Em vez de puro autoelogio, opte por mostrar com exemplos de situações profissionais passadas como essas qualidades foram benéficas para o trabalho. Destaque a capacidade de resolução de problemas e como deu resposta a desafios.

    Dica 3 – Ponto Fraco

    Comedida deve ser também a abordagem em torno dos pontos fracos. Não utilize este momento da entrevista de emprego para enumerar defeitos que possam vir a afastá-lo do processo de recrutamento. A ideia do recrutador é descobrir se você é alguém capaz de ultrapassar obstáculos.

    Um dos truques para identificar os aspetos fracos passa por mencionar qualidades e exagerá-las.

    A honestidade e a sinceridade são pontos importantes nesta abordagem, devendo admitir aspetos negativos sem os exagerar. Por exemplo, se lhe faltam conhecimentos numa determinada área, assuma acrescentando que está já fazendo alguma coisa para melhorar essa competência. Mas sem nunca falar de você mesmo como pessoa desorganizada ou incapaz de cumprir tarefas. Muito menos relacionadas com o cargo a que se candidata.

    É isso ai seguidores, se autoconhecimento e treinem bastante para não fazer feio na hora da entrevista, se precisarem de ajuda estou nas redes sociais @antoniocarloscfillho.

    Finalizo por aqui desejando boa sorte e até o próximo artigo.

    Leia mais:

    Aprenda como organizar as experiências profissionais no currículo

    Descubra como se destacar no mercado para universitários

    Saiba o que é desvio de função e como buscar auxílio

    Comentários