Fonte: OpenWeather

    Prisões


    Trio é preso após série de crimes na Zona Leste de Manaus

    Com eles foram recuperados objetos levados em ações criminosas e apreendido drogas

    Material apreendido na ação policial
    Material apreendido na ação policial | Foto: Divulgação

    Manaus - Três homens identificados como Bruno Rodrigues Vilaça, de 23 anos, "Chico" e "Genilson" foram presos ao longo desta quarta-feira (30), durante uma operação conjunta da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP). A ação aconteceu na Zona Norte e Leste de Manaus, após denúncias de uma série de crimes.

    De acordo com o tenente Eduardo Pinheiro, da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a equipe recebeu várias denúncias de arrastões no Val Paraíso e no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus e de furtos dentro de casas. 

    Após informações, os policiais chegaram até Bruno que estava entrando em uma embarcação com destino a Tapauá distante 448 quilômetros de Manaus, com alguns objetos de crimes e dinheiro de uma das vítimas. 

    "Bruno foi detido e informou que o primo dele "Chico", estava na Rua Salva, da comunidade Valparaíso, na Zona Leste, guardando a arma de fogo usada nos arrastões e vendendo drogas. Os policiais foram ao local e encontraram três porções de entorpecentes, além de 300 pinos vazios que receberiam drogas", explicou. 

    Em seguida, "Chico" disse que "Genilson" era o braço direito dele e guardava o dinheiro. Na casa do Chico, na Zona Norte, os policiais encontraram trouxinhas de drogas e R$ 1470 reais, além de material para embalo de drogas. Os três que pertenciam ao mesmo grupo criminoso receberam voz de prisão. 

    O caso foi apresentado no 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram adotados os procedimentos cabíveis.

    Leia Mais

    'Dentinho' utilizava casa de jogos para vender drogas na Zona Leste

    Adolescentes envolvidos em quase 60 assaltos são apreendidos em Manaus

    Trio é preso por assaltar loja por duas vezes no Jorge Teixeira

    Comentários