Fonte: OpenWeather

    Ação


    SSP lança operação Transporte Seguro para reforçar segurança em Manaus

    20 policiais militares irão reforçar as ruas da capital, realizando barreiras e visando coibir a criminalidade contra a sociedade e contra motoristas de App

    A operação será feita em três zonas da cidade
    A operação será feita em três zonas da cidade | Foto: Suyanne Lima


    Manaus - O secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) anunciou na tarde desta quinta-feira (29), às 15h, no Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Petrópolis, na Zona Sul, o lançamento da operação "Transporte Seguro", que visa reforçar a segurança para a população e para motoristas de aplicativo de mobilidade urbana. 

    Bonates disse à imprensa que a operação já estava acontecendo, inicialmente por meio das investigações da Polícia Civil do Amazonas, que resultou na elucidação de crimes envolvendo os motoristas de App. A partir de agora, 120 policiais militares irão reforçar as ruas da capital, realizando barreiras e visando coibir a criminalidade contra a sociedade e contra motoristas de App. 

    "Vamos fazer as barreiras em todas as áreas da cidade com esses 120 homens, 49 viaturas e 15 motocicletas e apoio aéreo do helicóptero da Polícia Militar. Não há prazo para que essa operação finalize e, enquanto estiver persistindo a insegurança, nós estaremos trabalhando nas ruas. O número 181 e 190 estão à disposição da população e a identidade do denunciante será preservada", destacou o secretário. 

    Bonates também orientou que motoristas tenham cuidado ao aceitarem corridas para áreas consideradas suspeitas e que também não utilizem insulfilm 100% nos veículos. 

    Viaturas e motocicletas vão ser colocadas nas ruas para inibir o crime
    Viaturas e motocicletas vão ser colocadas nas ruas para inibir o crime | Foto: Suyanne Lima


    "A Polícia não tem como identificar quem esteja em um veículo com insulfilm 100%  Sugiro que retirem esse insulfilm, até porque estão infringindo a Lei, para que a polícia dê tranquilidade aos trabalhadores. Durante as barreiras, os veículos serão revistados e os passageiros também. Sabemos que é incômodo, mas é algo necessário para garantir a segurança de todos. Essa é uma resposta do Sistema de Segurança Pública", destacou. 

    O subcomandante da Polícia Militar, coronel Ronaldo Negreiros, explicou que, inicialmente, o efetivo vai atuar em três áreas da cidade, nas Zonas Norte, Leste e Oeste, onde estão acontecendo delitos que já são de conhecimento das equipes. 

    "Destacamos os Comandantes de Policiamento das Áreas (CPAs) e são eles que irão atuar com incursões, barreiras e até com a repressão qualificada caso aconteçam situações em que criminosos tentem contra a vida de policiais e de motoristas de aplicativo e taxistas. Trabalhamos em parceria com a Polícia Civil e nós já fizemos um levantamento de ocorrências para que pudéssemos hoje colocar essa operação nas ruas. Ela só vem para somar com as demais", concluiu. 

    Os 120 policiais deixaram o Comando Geral da Polícia Militar e já estão nas ruas dando reforço à segurança.

    Veja a reportagem:


    Comentários