Fonte: OpenWeather

    Motivação


    Padrasto confessa que jogou bebê de dois meses em igarapé por ciúmes

    A Polícia Civil investiga o caso. Buscas devem ser retomadas na manhã de quarta-feira (15)

    O delegado titular do 6° DIP deu mais detalhes do caso
    O delegado titular do 6° DIP deu mais detalhes do caso | Foto: Divulgação

    Manaus - Vanderson M. D. S, de 22 anos, confessou aos policiais do 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP) que jogou a enteada dele, uma bebê de dois meses em um igarapé na Zona Norte de Manaus, por ciúmes. Segundo o delegado Vinícius de Melo, titular do 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), o suspeito não aceitava o fato da menina ser fruto de outra relação da companheira dele. 

    De acordo com a autoridade policial, a mãe da criança chegou em casa por volta das 1h desta terça-feira (15) e, após um surto de raiva, o homem relatou que enrolou a bebê em um lençol e a atirou no igarapé. Assim que atirou a criança nas águas, ele retornou para casa e contou para a companheira. 

    "Ainda não localizaram o corpo, mas há a confissão dele. Os bombeiros já trabalharam para localizar o corpo e devem retornar amanhã. O suspeito acabou sendo preso por tráfico de drogas por estar com porções de entorpecentes. A polícia está fazendo o trabalho necessário para que ele responda pelas devidas penalidades. Estamos buscando a melhor maneira de dar respostas, pois a vítima não teve nenhuma possibilidade de defesa", destacou.

    Leia Mais

    Vídeo: Homem é atropelado e arremessado em igarapé no Glória

    Criminosos matam e enterram homem em cova rasa no Santa Etelvina 

    Ponte Rio Negro é interditada após carro pegar fogo neste domingo (29)

    Comentários