Fonte: OpenWeather

    Buscas


    Bombeiros percorrem 7,5 km em igarapé e não encontram bebê de 2 meses

    As buscas devem ser retomadas na sexta-feira (18), a depender da Polícia Civil

    As buscas devem ser retomadas na sexta-feira (17)
    As buscas devem ser retomadas na sexta-feira (17) | Foto: Divulgação

    Manaus - Bombeiros e grupos de voluntários, nesta quinta-feira (17), finalizaram o terceiro dia de buscas pela bebê de dois meses, percorrendo 7,5 quilômetros dentro de um igarapé na Zona Norte de Manaus. A vítima supostamente foi  jogada no local, na madrugada da última terça-feira (15). Os trabalhos para encontrar o corpo da vítima foram realizados entre as comunidades Aliança com Deus, Raio do Sol, Cemitério dos Índios e conjunto Viver Melhor, naquela zona da cidade.

    Ao longo do dia, mochilas pretas como a indicada pelo padrasto, em que ele teria colocado a bebê dentro e depois atirado ao igarapé, foram encontradas, mas o cadáver da bebê não foi localizado.  

    Vanderson M. D. S, de 22 anos, confessou à polícia que jogou a enteada dele no igarapé, por ciúmes da companheira. Ele não aceitava o fato da menina ser fruto de outra relação da companheira dele e esperou a mulher dormir para sumir com a criança. 

    As buscas encerraram nesta quinta às 18h e devem ser retomadas na manhã de sexta-feira (18), a depender da Polícia Civil do Amazonas. Vanderson já teve a prisão preventiva decretada pela Justiça do Amazonas e permanece custodiado em uma unidade prisional. 

    Leia Mais

    Padrasto confessa que jogou bebê de dois meses em igarapé por ciúmes

    Homem é torturado por traficantes na comunidade da União

    Terror: família é feita refém dentro de casa durante assalto em Manaus

    Comentários