Fonte: OpenWeather

    Violência


    Espancado na véspera de Natal, ajudante de pedreiro morre em Manaus

    Segundo as autoridades, a vítima sofreu as agressões na última quinta-feira (24), véspera de Natal, e morreu após ficar três dias internado no Hospital João Lúcio

    O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal
    O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal | Foto: Arquivo EM TEMPO

    Manaus - Após ter sido brutalmente espancado na véspera do Natal, na última quinta-feira (24), o ajudante de pedreiro Jonas da Silva Cunha, de 28 anos, morreu na manhã deste domingo (27), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, localizado na Zona Leste de Manaus, onde passou três dias internado.

    Segundo as autoridades, o caso aconteceu na rua Buriti, comunidade Luíz Otávio, bairro Monte das Oliveiras, zona Norte de Manaus. Na ocasião, Jonas teria sido violentamente agredido e precisou ser levado às pressas para a unidade de saúde.

    Ainda de acordo com a polícia, a vítima ficou recebendo atendimento por três dias no HPS João Lúcio, mas não resistiu e acabou morrendo. 

    O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de necropsia, que apontou inúmeras lesões nas vísceras torácicas e abdominais. A autoria e motivação do crime seguem desconhecidas para polícia. 

    A equipe de reportagem do Portal Em Tempo compareceu na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), para obter mais detalhes a respeito da ocorrência. Porém, os policiais informaram que os parentes do ajudante de pedreiro, até o final da manhã deste domingo, ainda não haviam comparecido na especializada para registrar o caso. 

    Após o procedimento ser realizado a Polícia Civil deve investigar o crime. 

    Outro crime na vésperas do Natal

    Darlisson Cardoso Muniz, de 19 anos, foi executado na madrugada da última quinta-feira (24), por volta das 10h, com 10 tiros em uma casa na rua Renascer, no bairro Cidade  Nova, na Zona Norte de Manaus. A mãe dele presenciou o crime.  

    Leia mais

    Jovem mata parente a facadas após presenciar agressão contra mulher

    Polícia manda homem apagar ameaças do CV a moradores no Compensa

    Sete pessoas são presas por envolvimento em destruição de delegacia

    Comentários