Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Homem que fabricava armas caseiras para traficantes é preso no AM

    Policia suspeita que o homem produzia os armamentos caseiros por encomenda de criminosos.

    Novo Aripuanã -Um homem de 27 anos, que não teve a identidade divulgada, foi preso na noite deste sábado (26), com armas e munições caseiras, em Novo Aripuanã, a 227 quilômetros de Manaus. Segundo informações preliminares da polícia, ele produzia os armamentos para traficantes do município. 

    De acordo com as autoridades, uma guarnição da Polícia Militar realizava patrulhamento de rotina pelo bairro Tucumã, em Novo Aripuanã, quando identificou dois homens em atitude suspeita. Apesar de tentar fugir, os agentes conseguiram alcançar a dupla. Na ocasião da abordagem, os dois admitiram que eram usuários de drogas.

    Ainda conforme a polícia, um deles relatou, também, que produzia armas na residência onde morava. Durante os trabalhos policiais realizados para apurar o caso, as autoridades encontraram duas armas caseiras, incluindo uma escopeta, munições de diversos calibres, além de ferramentas e materiais para a produção de armamentos escondidas na casa do suspeito de 27 anos.

    A polícia ainda encontrou projetos para produção das armas
    A polícia ainda encontrou projetos para produção das armas | Foto: Divulgação

    Os policiais não descartam a hipótese de que que ele estaria fabricando os armamentos por encomenda de traficantes da cidade. Além disso, durante os procedimentos em torno do caso, as autoridades constataram que o suspeito já possui passagem pela polícia por latrocínio.

    O rapaz recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a 73ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Novo Aripuanã, onde ficará à disposição da Justiça. As investigações acerca da ocorrência devem ser aprofundadas pela Polícia Civil.

    Lei mais

    Polícia manda homem apagar ameaças do CV a moradores no Compensa

    Adolescente é apreendido com mais de 100 porções de drogas, no Japiim

    Sete pessoas são presas por envolvimento em destruição de delegacia


    Comentários