Fonte: OpenWeather

    Feminicídio


    Por ciúmes, homem mata ex-companheira com tiro no olho no Amazonas

    Segundo a Polícia, o crime teria sido motivado por ciúmes e pelo fato do suspeito não ter aceitado o fim do relacionamento

     

    Paulo José de Aguiar é o principal suspeito do crime
    Paulo José de Aguiar é o principal suspeito do crime | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Com um tiro no olho direito, Adriele Bruno da Silva, de 23 anos, foi mais uma vítima de feminicídio, após ter sido assassinada pelo ex-companheiro Paulo José de Aguiar no último sábado (18), na comunidade Mutirão do Purupuru, na zona rural do Careiro Castanho, a 102 quilômetros de Manaus.

    De acordo com os relatos de familiares da jovem à polícia, os dois já tiveram um relacionamento, mas não estavam mais juntos. Adriele foi encontrada morta, com um tiro no rosto, ao lado de uma espingarda. Paulo José fugiu logo após consumar o crime e está sendo procurado pela polícia.

    Conforme o delegado David Jordão, responsável pelo caso, as investigações que apuram o feminicídio indicam que o crime teria sido motivado por ciúmes e pelo fato do suspeito não ter aceitado o fim do relacionamento com a jovem.

    A polícia divulgou uma imagem de Paulo José. Qualquer informação sobre o paradeiro dele pode ser denunciado à Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), de forma anônima, pelo número 181.

    Leia mais

    Homem é suspeito de embebedar e estuprar neta da esposa em Manaus

    Presos serram grandes, tentam fugir do Compaj e são baleados em Manaus

    Polícia apreende 280 kg de maconha e prende quatro pessoas no Amazonas


    Comentários