Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Comerciante é suspeito de encomendar morte de pedreiro em Manaus

    O homicídio do pedreiro teria sido encomendado por um comerciante identificado apenas como “Zé Buchinho”, mas a motivação e as circunstâncias do ataque são desconhecidas pelas autoridades

     

    Vítima foi socorrida, mas morreu no HPS João Lúcio
    Vítima foi socorrida, mas morreu no HPS João Lúcio | Foto: Daniel Landazuri/Em Tempo

    Manaus - O pedreiro Wanderley da Silva Lima, de 30 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (20), no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, onde estava internado desde a noite da última terça (19), após ter sido atingido com um objeto perfurante na barriga por um homem ainda não identificado. 

    De acordo com relatos de testemunhas às autoridades, o homicídio do pedreiro teria sido encomendado por um comerciante identificado apenas como “Zé Buchinho”, mas a motivação e as circunstâncias do ataque são desconhecidas pelas autoridades. 

    Conforme o registro da Polícia Civil, o crime ocorreu na rua Francisco Otaviano, bairro Tarumã, na zona Oeste de Manaus. Na ocasião, o suspeito se aproximou do pedreiro e o espetou com um objeto pontiagudo, ainda desconhecido. 

    Wanderley foi socorrido e levado ao HPS João Lúcio. Apesar de ter ficado uma noite internado, o pedreiro não resistiu e morreu na unidade de saúde. O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), onde os médicos legistas constataram morte por anemia hemorrágica aguda em decorrência da lesão de arma branca da qual foi vítima. 

    As motivações e os envolvidos no assassinato do Wanderley devem ser investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia mais

    Dupla morre após confronto com a PM no Cemitério dos Índios, em Manaus

    Corpo de homem é achado boiando em meio a lixos de igarapé em Manaus

    Vídeo: imobilizado, adolescente é agredido por PM em abordagem no AM

    Comentários