Fonte: OpenWeather

    Violência


    Em Manaus, homem é morto a tiros e mulher fica ferida em emboscada

    Segundo a polícia, o casal estava em uma motocicleta, quando sofreu o ataque dos criminosos. O caso aconteceu no bairro Tancredo Neves

     

    Na ocasião, os criminosos atacaram o rapaz e efetuaram vários disparos contra ele. Diego foi baleado por todo o corpo, enquanto a sua companheira foi atingida com um tiro na perna.
    Na ocasião, os criminosos atacaram o rapaz e efetuaram vários disparos contra ele. Diego foi baleado por todo o corpo, enquanto a sua companheira foi atingida com um tiro na perna. | Foto: divulgação

    Manaus - O autônomo Diego Marcelo Grandal Ferreira, de 27 anos, foi morto a tiros durante uma emboscada, na noite desta segunda-feira (26), na rua Manoel Ribeiro, bairro Tancredo Neves, zona Leste da capital. Segundo a polícia, a companheira dele, uma jovem de 18 anos, também ficou ferida no ataque.

    De acordo com as autoridades, Diego e a namorada estavam em uma moto, quando começaram a ser perseguidos por bandidos que estavam em um carro, que não teve as características divulgadas. 

    Na ocasião, os criminosos atacaram o rapaz e efetuaram vários disparos contra ele. Diego foi baleado por todo o corpo, enquanto a sua companheira foi atingida com um tiro na perna.

    Conforme a polícia, o casal foi socorrido e levado para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas o jovem não resistiu e morreu. Já a sua namorada não corre risco de morte.

    Em depoimento às autoridades, os familiares do rapaz afirmaram que o crime pode ter sido motivado por um acerto de contas de traficantes que atuam na zona Leste da capital, já que que Diego tinha envolvimento com o comércio de drogas.

    O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia mais

    Tiroteio termina em morte e prisão após assalto a mercadinho em Manaus

    Jovem é baleado com quatro tiros na comunidade Valparaíso em Manaus

    Homem é morto com facadas no pescoço em terreno de 'sucatão' em Manaus


    Comentários