Fonte: OpenWeather

    Socorro à mulher


    Policia socorre mulher em canoa e a leva para ter bebê em Coari

    Na manhã desta terça-feira (02/02), policiais da Base Fluvial Arpão socorreram uma mulher de 25 anos, que estava em trabalho de parto, e fizeram o transporte dela até o hospital de Coari, a 363 quilômetros da capital amazonense.

     

    A equipe policial imediatamente realizou o transporte da mulher em uma lancha rápida. Na chegada ao porto da cidade, o casal foi levado em uma viatura da guarda municipal até o hospital, onde a mulher foi encaminhada para a sala de parto.
    A equipe policial imediatamente realizou o transporte da mulher em uma lancha rápida. Na chegada ao porto da cidade, o casal foi levado em uma viatura da guarda municipal até o hospital, onde a mulher foi encaminhada para a sala de parto. | Foto: Divulgação

    Coari (AM) - A imensidão da Amazônia e as distâncias entre as comunidades no meio da floresta dificultam a assistência à saúde aos povos ribeirinhos. Na manhã desta terça-feira (02) policiais da Base Fluvial Arpão, no Amazonas, socorreram uma mulher de 25 anos, que estava em trabalho de parto, e fizeram o transporte dela até o hospital de Coari, a 363 quilômetros da capital amazonense. 

    Com fortes dores e contrações desde a noite de segunda-feira (1º/02), segundo os militares que auxiliaram a mulher, ela saiu da comunidade rural Renovação com o marido, em uma canoa. Próximo à Base Arpão, eles informaram que estavam a caminho do hospital regional de Coari, para que a mulher pudesse ter o bebê.

    A equipe policial imediatamente realizou o transporte da mulher em uma lancha rápida. Na chegada ao porto da cidade, o casal foi levado em uma viatura da guarda municipal até o hospital, onde a mulher foi encaminhada para a sala de parto. 

    Base Arpão

    Criada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), a Base Arpão atua de forma integrada com efetivos das Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Federal, Força Nacional, Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). 

    A Operação “Hórus” é um dos eixos do Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça. As denúncias podem ser feitas através do 181, o disque-denúncia da SSP-AM. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia em todo o estado.

    Leia mais:

    Cocaína camuflada em cebolas é aprendida pela Base Arpão no Amazonas

    Segurança nas fronteiras terá reforço com a Base Arpão no rio Solimões

    Cadela identifica mais de 100 quilos de drogas em malas


    Comentários