Fonte: OpenWeather

    Velório


    Comoção: Entregador morto em abordagem policial é velado em Manaus

    Endrio, de apenas 20 anos, foi morto a tiros durante uma abordagem dos policias das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na noite de terça-feira (30)

     

    Balões brancos, camisas com fotos,  carreata e carro de som foram itens presentes nas homenagens póstumas
    Balões brancos, camisas com fotos, carreata e carro de som foram itens presentes nas homenagens póstumas | Foto: Bianca Ribeiro

    Manaus - O sentimento de comoção tomou conta de familiares e amigos do entregador de delivery Endrio de Souza Silva. O corpo do jovem está sendo velado, na tarde desta quarta-feira (31), em uma igreja evangélica, situada na rua das Palmeiras, na comunidade da União, Parque 10 de Novembro, Zona Centro-sul de Manaus.

    Endrio, de apenas 20 anos, foi morto a tiros durante uma abordagem dos policias das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), na noite de terça-feira (30). Os familiares do entregador afirmam que  o jovem foi morto injustamente, por conta de um erro policial. 

    Balões brancos, camisas com fotos,  carreata e carro de som foram itens presentes nas homenagens póstumas. No momento da chegada do corpo de Endrio, um minuto de silêncio foi seguido por orações. Desolados, a família de Endrio foi amparada por moradores da comunidade da União. Viaturas policiais cercaram o local. 

    Após a chegada do corpo, inicialmente o velório foi reservado à família. Em alguns minutos, a avó de Endrio, Leônia Varella, liberou a entrada da imprensa e pediu Justiça pela morte do neto. 

    "Meu neto foi morto após uma barbaridade. Eu tenho certeza que a Justiça de Deus é justo. Acabaram com a nossa família e com os nossos corações. Toda nossa família é trabalhadora, ele era um trabalhador. Pedimos Justiça", clamou a avó. 

    O velório de Endrio ocorrerá até às 7h desta quinta-feira (01/04) , em um cemitério na rodovia estadual AM-070. 

    Posicionamento 

    Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) informou que conforme o relatório de ocorrências, a equipe policial estava pela área da comunidade da União quando foram parados por um motorista de aplicativo informando que havia acabado de ser vítima de uma tentativa de roubo.

    Depois disso, as equipes localizaram dois homens, em uma motocicleta, apontados como suspeitos do crime. A viatura foi recebida a tiros e se defendeu. Um dos homens que estava na moto conseguiu fugir. O outro foi baleado, conduzido ao HPS 28 de agosto, onde acabou morrendo.

    O caso ocorreu na rua Dois de Agosto, Comunidade União, Bairro Parque Dez. O motorista que sofreu a tentativa de roubo compareceu ao 1º DIP, onde o caso foi registrado, para dar seu testemunho sobre os fatos. Um revólver calibre 32 foi apreendido, juntamente com porções de entorpecentes.

    A Corregedoria Geral do Sistema de Segurança informa que, como é padrão em todos os casos de intervenção policial, uma sindicância é instaurada paralelamente ao inquérito policial para melhor esclarecimento dos fatos.

    Leia Mais:

    'Erro policial', diz família de jovem morto após abordagem em Manaus

    Confronto no Santo Agostinho: um dos mortos era fugitivo do Compaj

    Força Nacional dará apoio à PF nas operações em Nova Olinda do Norte

    Comentários