Fonte: OpenWeather

    Furto de carga


    Vídeo: funcionário planeja furto de carreta e vai preso com comparsa

    O caso aconteceu em Manaus. Um dos criminosos tinha informações privilegiadas pois era funcionário da empresa proprietária do caminhão que levaria a carga

     

    Conforme o delegado Denis Pinho, titular da especializada, o crime ocorreu no último sábado (17), em uma empresa localizada no bairro Armando Mendes
    Conforme o delegado Denis Pinho, titular da especializada, o crime ocorreu no último sábado (17), em uma empresa localizada no bairro Armando Mendes | Foto: Reprodução

    Manaus - Juliano Avelar Coutinho, de 31 anos e Igor Luiz Nilo Lima, de 27 anos, foram presos na noite de segunda-feira (19), por volta de 19h, pelo furto de uma carreta que teria uma carga avaliada em R$ 250 mil e pela receptação de pneus do veículo.

    A prisão de Juliano ocorreu na avenida Autaz Mirim, na Zona Leste de Manaus e a de Igor ocorreu na rua A, da comunidade Santa Inês, no bairro Jorge Teixeira, naquela mesma zona.

    Conforme o delegado Denis Pinho, titular da especializada, o crime ocorreu no último sábado (17), em uma empresa localizada no bairro Armando Mendes. Juliano e um comparsa utilizaram um veículo e para entrar no local e levarem uma carreta frigorífica.

    Veja o vídeo:

    Veja o momento em que um dos criminosos chega para o furto | Autor: Reprodução
     

      "Essa empresa é uma transportadora e Juliano recebeu a informação que a carreta estava com a carga de R$ 250 mil em frango. Ele tinha a informação que devia pegar a carreta que não tinha rastreador. Os suspeitos pegaram a carreta certa, mas não tinha nenhuma carga"  

    Imagens de câmeras de segurança flagraram o furto e assim que suspeitos perceberam que não havia carga passaram a extorquir a empresa por meio de ligações.

    "Eles pediram o valor de R$ 10 mil para devolver a carreta. Vendo que eles não iriam conseguir dinheiro, eles abandonaram a carreta no Distrito Industrial e retiraram 12 pneus avaliados em R$ 25 mil. Juliano era funcionário da empresa proprietária do caminhão que levaria a carga, portanto tinha informações privilegiadas e foi quem planejou o crime. O Igor foi a pessoa responsável por receptar os pneus", explicou Pinho.

    Juliano e Igor foram presos, no entanto, mais um homem envolvido no crime continua foragido. Os dois foram presos e conduzidos à sede da especializada, onde foram adotados os procedimentos cabíveis.  Juliano irá responder por extorsão tentada e furto qualificado e Igor por receptação qualificada. A dupla deve ficar à disposição da Justiça.

    Leia mais:

    Polícia prende trio que roubou lojas de calçados em Manaus 

    Oficias da PM roubavam e vendiam drogas para traficantes no AM 

    Comentários